quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Medindo o tempo

Quando a gente decide emagrecer, e faz tudo para chegar a esse objetivo, tudo o que mais queremos é ver os resultados. Procuramos comprovação de que estamos no caminho certo. Uma media que a gente usa para isso são os quilos. Tentamos ver o resultado na balança.

Mas outra medida que usamos para isso, e anda bem juntinho com os quilos é a medida de tempo. Para decidir se emagrecer 1 quilo é bom, depende de em quanto tempo conseguimos essa façanha: em 1 semana, 1 mês ou 1 ano.

E quando a gente decide emagrecer, a principio somos super "pé no chão". Geralmente é assim. Traçamos uma meta realista e tudo mais. Mas, na metade do caminho aparece um evento. Uma festa, um jantar, um encontro, uma viagem....sempre aparece uma coisa. E acabamos querendo encurtar o tempo e duplicar os resultados. 


Eu ainda estou muito resistente, não querendo pensar no ano que vem, mas a cada dia isso fica ainda mais inevitável. Claro, que até acabar 2012 eu tenho vários eventos. O aniversário de 2 anos do meu vizinhozinho, o show da Madonna, o aniversário do meu sogro, a festa de fim de ano da empresa do meu marido, o aniversário da chefe do meu marido, o natal, o ano novo......isso tudo em menos de 2 meses. Mas não quero mais pensar pra tão agora. Apesar de ter que emagrecer apenas 10 quilos (não acho muito mesmo), não quero pensar em tão pouco tempo. Apesar de eu saber que dá tempo, os meu últimos resultados me contradizem. E emagrecimento é assim mesmo, quanto mais se perde, mas fica difícil perder. 

Então eu estou fazendo o contrário. Estou a cada evento adiando o meu tempo (apesar de não querer pensar em 2013). Depois do reveillon tem o carnaval em fevereiro (já que em janeiro não vou viajar). Mas depois pensei em colocar como data coringa março, que é a minha prova. E eu pensei "neste tempo vou mudar a minha vida profissional e minha aparência".

Mas em abril tem o meu aniversário de casamento (nosso, meu e do meu marido). E também é uma data simbólica. E agora, esses dias eu decobri que parte da minha família vai se juntar e ir para Aparecida. E eu vou junto, claro. E pensei: "tenho mesmo que ir a Aparecida agradecer o meu corpo novo e meu emprego novo (falo do concurdo de março)". Como sou devota de Nossa Senhora....tenho mesmo que ir. 

Para quem não queria pensar em 2013....já estou em Maio. Mas no fundo, bem lá no fundo, sei que isso não importa muito. O que importa mesmo é eu dar o meu máximo. E quando eu chegar na minha meta, cheguei. Mas vai explicar isso para o espelho.

Enfim, acho legal eu me dar cada vez mais tempo. E até lá é relaxar no percurso!!!! Só que isso é muito mais fácil de falar do que de fazer!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...