quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Altos e baixos

Eu, assistindo uma de minhas aulas para o concurso, o professor começou a falar de motivação......e eu achei bem interessante. Porque no final das contas, eu não sabia se ele estava falando de concurso ou de RA. Claro que ele estava falando de estudar para concurso, mas bem que serveria para RA, era só mudar o exemplo. Mesmo porque, motivação é motivação. 

Vou tentar explicar o que ele disse. É sobre os altos e baixos da motivação.


Ele disse que  ao estudar pra concurso a preparação é cheia de altos e baixos. Tem dias que você está bem, tem dias que você está mal, tem dias que você está bem, tem dias que você está mal....


E o que acontece....se nesses dias que você está mal, você começa com "não vou estudar hoje", "não vou na aula hoje", "Acho que não vou passar nesse concurso", esses dias em que você está mal acabam sendo a regra. A sua motivação vai caindo até que chega um dia você desiste do concurso.

Então, nesses dias que você está mal são os dias mais importantes da sua preparação, porque é nesse dia que você tem que se superar. Nos dias que você tá bem, é tranquilo, você estuda o dia todo e termina o dia realizado. Mas no dia que você está mal é que você tem que se cuidar, porque é esses dias que podem boicotar a sua aprovação.

Se você estudar nos dias em que está mal, mesmo que seja menos (Se você sempre estuda 4 horas mas já que hoje está mal, vai estudar 1 hora), esses dias "mal" vão começar a ser exceção. E sua motivação em vez de cair, vai subir. E assim você chega bem pra prova.

E outra coisa, se chega o dia que você está mal e você não estuda, o que vai acontecer no dia que está bem? Você vai querer atingir a meta daquele dia, e vai querer tirar o atraso do dia em que não estudou. Então você quer estudar o dobro porque no dia anterior você não estudou. Você acaba querendo estudar 8 horas direto. E olha o recado que está passando para o seu cerebro: que para passar no concurso você tem que estudar 8 horas por dia, todo dia. A impressão que você dá para seu cerebro que você tem que fazer aquilo todo santo dia para conseguir passar. E daí o cerebro não gosta de acordar de manhã para estudar porque ele entende que ele vai ter que acordar e estudar 8 horas direto. Então tentem evitar isso, evitem dar o recado errado para seu cerebro. Tentem manter a média, de aula e mais 3 a 4 horas por dia de estudo. Essas horas além das aulas tem que ter uma média. Para não ter dias em que você não estuda nada e nem ter dias em que você estuda 8 horas direto além das aulas.

Porque se você mantiver uma média agora, a medida que vai chegando perto da data da prova, a simples proximadade com a prova vai te dar uma energia a mais. E tentem descansar em dias que realmente são de descanso, em feriados, dia de evento na família e coisa do tipo. Não façam o dia de descanso a regra, façam como regra o dia de estudo, mesmo com o tempo menor. Se superem nos dias ruins que a sua motivação sobe e você não fica dando recados equivocados a seu cerebro.

Acho que todo mundo que às vezes se sente desmotivado com a RA e com a AF já deve ter entendido o recado, mas vou falar disso tudo para as nossas vidas mesmo assim:

Às veses a gente acorda mal, e não quer ir para academia, não quer comer salada, não quer restringir a alimentação naquele dia. Mas é neste dia que temos que nos superar. Não tá a fim de ir pra academia e fazer a aula de bike, vai pra academia e fica a metade do tempo na esteira, ou mesmo 20 minutos. Ou vai caminhar na rua. Não quer comer salada hoje, coma mesmo que 1 folha de alface e 1 rodela de tomate. Não quer comer só 1 fruta no lanche, coma 1/2 fruta com 1/2 iogurte. 

E você pode pensar: mas do que adianta ir para academia e fazer 20 minutos de esteira? Isso não queima nem o que tá no corpo, imagina o estocado. Isso ajuda ao seu corpo perceber que ele precisa se movimentar todos os dias, mesmo que por um tempo menor. E quando ele perceber isso a sua motivação vai subir, e esses dias em que você acorda mal vão ser cada vez mais raros. Mas pra isso você precisa se superar. Precisa fazer as escolhas certas mesno nos dias em que você não tá muito a fim, para que o seu corpo crie a rotina, crie o hábito.

E quando você jaca e não malha num dia, geralmente quer compensar no dia seguinte. Aí a gente come bem menos e quer malhar bem mais. É quando o seu corpo surta, porque você tá mandando uma mensagem para ele de que para você conseguir emagrecer precisa comer 800 calorias e malhar 3 horas por dia. Ele, no dia seguinte, não vai querer acordar para essa vida, muito menos vai estar animado. 

Mas se você mantiver uma média constante de comer 1.500 caorias e malhar 1 hora por dia, mesmo que quando você acordar desanimada malhe um pouquinho menos, e coma coisas não estão dentro da dieta, mas sem passar do recomendado, o seu corpo vai enteder o recado, e vai entrar na rotina, e você vai ficar cada vez mais motivada, e os dias ruins serão cada vez mais raros.

O que realmente difere quem consegue e quem não consegue, são nossas escolhas nos dias em que não estamos bem. Porque nos dias que estamos bem a gente faz tudo bem certinho e chega no final do dia feliz com tudo o que conseguimos fazer. O que escolhemos fazer nos dias em que não estamos bem é que realmente pode mudar a nossa vida!

2 comentários:

  1. Adorei! Muito interessante. É tentar inverter sempre que a moral tiver baixa, se cuidar mais pra chegarmos onde queremos!

    beijinhos! aguardo uma visita!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E mesmo que no começo seja difícil essa inversão, a cada dia vai ficando mais fácil e os dias bons viram rotina.......coisa boa!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...