quinta-feira, 25 de abril de 2013

Escolhendo ser feliz

Mulher é tudo louca. Aliás isso é o normal da coisa. Acordamos um dia feliz, e no outro já nem queremos acordar. Tem dias que olhamos no espelho e nos amamos. E no outro queremos querbrar todos os espelhos da casa para não temos que nos olhar.

Normal!

Dizem que somos de lua. Nos chamam de mulher de fases. Pra gente, isso é normal. Mas eu queria que não fosse. É tão bom quando a gente acorda bem, e levanta animada, e se olha no espelho e se sente....feliz. Queria que fosse assim todos os dias. Até mesmo na TPM. Garanto que o meu marido também gostaria. 

Mas não é assim. 

A questão é a seguinte: realmente não é assim. Tem dias que realmente não dá pra manter toda a animação que precisamos.....mas.....mas podemos colaborar para que os dias felizes sejam mais frequentes. 

Como? Comendo chocolate é que não vai ser. Eu sei que tem essa coisa de que o chocolate libera uma substância que nos deixa felizes. Mas 10 minutos depois já estamos furiosas por ter comido doce. Então não nos serve. A melhor coisa para aumentar a frequência da felicidade é fazer a RA direito e malhar. Isso sim gera uma felicidade quase que permanente. E nem tô falando da felicidade quando chegamos na meta e já estamos magra. Estou falando da felicidade do percurso. De se sentir feliz por ter ido na academia mesmo ser estar com vontade, da felicidade de ter resistido a sobremesa, da felicidade de comer salada na janta e ir dormir mesmo não se sentindo tão saciada quanto gostaria: é a felicidade de estar fazendo a coisa certa.

Mesmo sabendo que não chegamos na nossa meta, mesmo sabendo que estamos até longe dela, mas é a felicidade de estar no caminho certo. Por outro lado, quando damos aquela escorregada, ficamos furiosas, ficamos infelizes, tristes, mal humorada. Não pense que só você se sente assim. Isso acontece com todas nós. Nos sentimos fracassadas, fracas, impotentes. Mas quando seguimos tudo direito, nos sentimos fortes, poderosas......então, é você que escolhe como quer se sentir. No fundo tudo denpende de você: quer se sentir um lixo ou quer se sentir a mulher maravilha?


Escolha ser sentir feliz, escolha se fazer feliz. Claro, é inevitável, tem dias que você vai acordar meio desanimada. Mas esses dias serão exceção.

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...