terça-feira, 30 de abril de 2013

Uma folga da dieta

Bom.....eu sou uma comedora compulsiva. Muitas de nós somos. Algumas sortudas apenas não sabem comer, mas uma grande parcela das obesas são assim porque comem descontroladamente. E eu faço parte desta parcela.

Então, quando faço dieta, muitas vezes fico de saco cheio daquilo, e parto para ignorância: destruo a geladeira. E minha nutri me sugeriu algo, tem umas 2 semanas, que talvez ajudasse: dar um tempo na deita sem sair comendo o mundo inteiro. Ela me disse: "quando encher o saco, dá um tempo da dieta, mas não precisa sair comento tudo. Só dá um tempo da deita".


Bom, às vezes cometemos alguns erros. Tipo destruir a geladeira. É um erro. Mas às vezes ocorre acidentes de percurso. Não é que cometemos um erro. É que tentamos algo novo que se esse algo desse certo seria a oitava maravilha do mundo. Mas que algumas vezes, dá errado: acidente de percurso. É quase que como um erro, só que não é proposital. Foi um "sem querer querendo".

Enfim, realmente essa coisa de dar pausa da dieta não deu muito certo pra mim. Não sei se foi a TPM (mas acho que não), o que sei é que não funcionou. 

Teoricamente, essa coisa de "pausa na dieta" é genial. Porque a idéia é você se dar uma folga, sair de toda aquela pressão, tirar uma semana para esvaziar a mente, mas sem sair comendo tudo. É só uma desobrigação da paranóia que é a dieta. E a idéia principal é: na semana de folga você não vai emagrecer, mas também não pode engordar. Isso é perfeito. Essa pausa, esse tempo, essa folga. Perfeito. Seria perfeito se a Fernanda não estivesse envolvida nisso.

Porque vou te dizer uma coisa sobre a Fernanda: ela não sabe comer. Não sabe. Ela não sabe qual é o limite do aceitável. E é por isso que é gorda. É como esperar que alguém que não tem bom senso o use. Fernanda fez dieta a vida toda, chegou na sua meta algumas vezes e quando isso acontecia, ela tirava folga da dieta, afinal não precisava mais fazer dieta. E isso resultava em todos os quilos a mais. O problema não é o ato de tirar folga da dieta. O problema é que Fernanda não sabe tirar folga da dieta. Ela nunca soube. 

Essa idéia de dar uma pausa é incrível. Para que sabe dar pausa. Mas quando se trata de Fernanda, a pausa é quase que um play. Eu sei que com o passar do tempo, terei que aprender a dar essa pausa. Isso faz parte da reeducação. Mas antes eu preciso admitir uma coisa: eu não sei fazer isso. Fernanda não sabe fazer isso.

E eu vou contar uma coisa que eu descobri com essa tentativa de pausa. Uma coisa que parece lógico, que aliás é lógico. Mas que em algum momento desses últimos dias, eu esqueci:

Quando se está de dieta o seu metabolismo diminui o ritmo. Então, quando falamos em pausa na dieta não estamos falando em comer muito mais do que geralmente se come na dieta. 


Aliás. estamos falando em comer praticamente a mesma coisa, com algumas pouquissímas e quase imperceptíveis diferenças. Isso não para emgrecer, mas simplesmente para não engordar. E a diferença, pelos olhos da Fernanda, é tão pequena......que estou pra te dizer que não vale a pena. E quer saber, foi isso que descobri: não vale a pena. 

Não vale a pena passar uma semana inteira mantendo, em vez de emagrecendo, por um pão a mais. Ou por meia fileira de chocolate, ou por 5 biscoitos a mais. Não vale a pena. 

A dieta é chata. É um saco. Um saco. Mas a verdade é que a pausa, o "comer normalmente" não é muito diferente dela. Só que a idéia de "comer normalmente" para a Fernanda é sulreal. Não existe. Acho que nem o meu marido - com hipertiroidismo - come o que é "comer normalmente" para Fernanda. É por isso que a dieta é tão chata para mim.

Resumindo......o que ando fazendo não é uma dieta. Chata ou não, o que ando fazendo é adquirindo novos hábitos que devem durar a vida toda. Esse meu cardápio básico é na verdade o que preciso comer para o resto da vida. 


Tá, tem horas que dá vontade de jogar tudo pro alto, e para esses momentos, terei que me acostumar com isso de "pausa na dieta", mas antes eu preciso aprender e aceitar que essa minha dieta é o que terei que comer normalmente. Isso é o normal. E o que eu entendo por normal é, na verdade, pra lá de compulsivo.

Oh, céus, eu preciso mudar minha visão em relação à comida, tenho que aceitar os novos hábitos e não faço idéia de como se faz isso. Estou cansanda de tentativas e erros, e apesar de saber que o jeito mais fácil é simplemente seguir a dieta todos os dias, eu não sei como convencer a minha cabeça de que isso é o melhor. É...pelo que parece eu tenho uma longa batalha pela frente.

4 comentários:

  1. Eu sou igual a você, não sei comer e não sei o que é fazer pausa na dieta como uma pessoa de bom senso. Eu destruo a geladeira. Prazer, meu nome é Lorena! :) Acho que é difícil pra gente ficar "em cima do salto" tentando se dizer que "estes são meus novos hábitos e se eles fazem bem, eu vou ficar feliz". Acho que um dia lá na frente comer pão integral vira hábito, um dia fica normal, mas por enquanto a gente não tem que pensar sobre o psicológico disso, mas somente o prático: deixar de comer o que a gente quer é um saco, atividade física é chato. Mas o resultado disso é que é bom! Por enquanto, vamos tentando não destruir a geladeira, levantando a cada derrapada e emagrecendo. Com isso a gente aprende a saber quais são os caminhos. Ps: seus posts são os melhores!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Lorens (e muito prazer). Eis o lado humano da dieta. Porque na teoria tudo parece tão lindo, as saladas parecem sabrosas e os exercícios parecem gerar felicidade. Mas na prática.....não é fácil se libertar do que você foi a vida toda. Mas uma hora, acontece, uma hora tudo vira rotina, tudo vira hábito, e até lá, vamos tentando nos convencer de que é o melhor para gente.

      vamos conseguir!

      Excluir
  2. Oi flor! Tem horas que dá vontade chutar o balde mesmo!!! infelizmente se der um tempo na dieta acabo me descontrolando aí pra voltar é complicado! Mas entendo vc, sei como é viver 24 hrs em função de contar calorias, cansa mesmo, bjusss e linda semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe, é isso mesmo, depois que sai da dieta, para voltar, não é fácil. Porque lembramos o quanto o bom comer besteira. E é bom mesmo. Por isso que eu digo, o quanto menos sairmos da dieta, melhor.....

      Uma ótima semana!!!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...