quarta-feira, 1 de maio de 2013

Combinação de última hora

Ontem meu marido chegou em casa já animado com o feriado, e encontramos alguns amigos, papo vai, papo vem, decidimos sair.

Bom, alguém por favor toque o alarme porque algo fora do esquema está para acontecer. Eu sei, parece coisa de gente neurótica, mas eu sou neurótica e nunca escondi isso.

A questão é que muitas coisas passaram na minha cabeça: a dieta que vai ser furada (difícil ir para um bar e achar salada no cardápio), eu gorda tentando achar uma roupa para sair (meu corpo não está pronto para eventos assim, novamente meu corpo não está pronto para eventos assim).....tudo que é de última hora me dá uma sensação agonizante. Porque não pensem que eu deixo de programar só porque é por acaso. Eu tento, de última hora, colocar meu cérebro para funcionar e programar tudo. 

Mas, depois do Post da Patrícia, estou mesmo tentando levar a vida mais na boa, sem tantas neuras. Apesar de não ser nada fácil, estou tentando. 

Então ontem, eu, meu marido e um casal de amigos, fomos para um barzinho, o Mulligan, um pub em estilo irlandês que fica no Passeo Zona Sul. 


Conversamos, comemos, rimos, comemos, nos descontraímos, comemos....sim, comemos. Comemos batata frita, filé à milanesa, os maridos tomaram cervejas esquisitas e as esposas no clericot.


E eu fui num estilo mais ou menos assim:

Bem...eu sobrevive ao fato de ter que me arrumar em 20 minutos, sobrevivi ao fato de fazer algo fora da dieta (mas só sobrevivi a isso porque já andava fora da dieta). E quer saber, a noite foi ótima. Foi realmente muito boa.

Mas.....

Mas não foi perfeita. E isso me deixa um pouco irritada. Porque tá certo não ser tão neurótica com a dieta e sair com amigos para descontrair. Mas batata frita e filé à milanesa não é o que eu chamaria de aprendizado. Eu saí, mas eu saí à moda Fernanda. Saí sem me preocupar nem um pouquinho com a dieta. Eu não comi horrores, claro que não, mas não me preocupei nem um pouquinho com a dieta. E isso é tão radical quanto sair e pensar na dieta o tempo todo. 

Eu ainda preciso achar o ponto de equilíbrio. 

Eu sei que preciso sair mais, ter uma vida social independente de dieta ou peso, mas não posso chutar o pau da barraca toda vez que eu sair. 

Tá, respira fundo e se dê uma nova chance: no fim de semana vamos sair de novo. Eu, o marido e o mesmo casal de amigos, combinamos de ir a Gramado. O que é um pouco pior. Não é só um barzinho...é Gramado. Frio, chocolate quente, massas com molhos e fondue. Isso é Gramado. 

Mas desta vez, vou tentar fazer diferente. Não vou fazer programações. Vou deixar as coisas acontecerem, e vou tentando a todo momento optar por coisas mais saudáveis, ou seja, se puder vou passar longe do fondue. Eu preciso achar esse equilíbrio e não prejudicar minhas conquistas da dieta a cada evento.....e é o que eu vou tentar. E vou tentar mesmo. Largar um pouco a neurose e tentar viver uma vida mais normal. Mesmo estando de dieta! Aliás, sem esquecer que estou de dieta!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...