domingo, 30 de junho de 2013

Será?

Bem, na minha última consulta com a Jú eu disse pra ela que estava enjoada a semana toda. E ela me disse: "grávida?".

Bem, uma mulher sendo casada, sempre há a possibilidade de estar grávida. Ainda mais que este mês eu andei me esquecendo da pílula alguns dias. Então era possível mesmo. Mas tenho que dar a minha opinião: acho que não!

Olha, eu tenho um monte de amigas, colegas e conhecidas que engravidaram porque esqueceram de tomar a pílula um dia. Mas - sinceramente - esta é a versão que elas contam. Me desculpe se alguém já passou por isso, mas eu sou muito cética quanto a isso. Porque maior ainda é o número de amigas, colegas e conhecidas que decidem engravidar, param completamente com os remédios, e mesmo assim levam 3 ou 4 meses para engravidar. Então, se é possível que eu estivesse grávida? Sim, era. É provável? Acho que não. 

Mas, esta semana, quando era para eu ficar menstruada (odeio essa palavra), eu não fiquei. Ela simplesmente não veio quando tinha que vir. Então marquei correndo a ginecologista. Mas eu não consegui ir na Gineco. E antes de pensar em ligar para conseguir outro horário, eu pensei: quer saber de uma coisa, antes vou fazer o teste de farmácia.

Comprei o teste e fiz. 


Ah, mas é de dar nos nervos. Os 3 minutos que você espera para saber o resultado é uma eternidade. 

Bem, o exame deu negativo.

Mas com o atraso de 2 dias (que nunca tinha acontecido) foram dois dias que pensei muito no "se não" e no "se sim". Em tudo o que tinha que ser feito, no que deveria parar de ser feito. 

E quando eu peguei aquele teste e vi que deu negativo (e detalhe: fiz dois - só para ter certeza) eu percebi uma coisa: eu fiquei triste. Eu fiquei muito triste. Foi quando me dei conta uma coisa: eu queria estar grávida. 

Isso é um choque. Isso é bombástico. Mesmo por que não é a hora e nem o momento. Mas será que algum dia será o momento? Será que algum dia eu me sentirei pronta? Não quero engravidar partindo de um peso inicial de 89. Mas eu quero engravidar. Quero construir uma família maior. Tá aí mais um motivo para emagrecer. Não que isso faça alguma diferença, porque tenho milhares de motivos para emagrecer, mas isso me fez pensar que o tempo está correndo, que o tempo não volta, e que daqui a pouco pode ser tarde de mais. 

Depois que fiz o exame, a minha menstruação veio. Algumas horas depois. Como se fosse pra me dizer: "esquece isso, você não está grávida mesmo. E se quiser estar.......planeje".

Pois bem, planejarei!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...