sexta-feira, 5 de julho de 2013

E um belo dia, aquela vontade de comer o mundo passou

Sabe, é meio inexplicável, mas eu andava há tempos com uma vontade de comer o mundo. Eu terminava de almoçar e tinha uma sensação de que estava morrendo de fome. Não sei o que era isso. Se era físico, psicológico ou espiritual. Mas eu sei que era horrível e era verdadeiro. Eu tinha uma vontade louca de comer coisas excessivamente calóricas e infinitamente doces. E controlar essa vontade era como tentar domar um leão faminto. E nem sempre eu conseguia. Falar verdade, eu quase nunca conseguia.


Fazer uma reeducação alimentar por si só já é um horror, tendo uma fome sobrenatural é um pouco mais difícil.

Mas, um belo dia eu terminei de almoçar e o meu leão interno gritou: "mais comida". E o meu corpo, corajosamente respondeu: "Estou satisfeito. Não aguento comer mais nada". E isso foi dito depois de um almoço super saudável e light. 

Não sei explicar de onde vinha tanta fome - a de antes - e também não sei explicar como é que ela passou. Mas ela passou. Talvez tenha ido embora com a TPM, talvez eu tenha cansado de comer besteiras, talvez eu tenha cansado de ser gorda, talvez eu tenha cansado de ser guiada por um leão faminto que habita dentro de mim. Talvez. 
Mas me deu uma vontade incontrolável de comer maçã em pleno inverno. Me seu vontade de comer alface e de ir no super comprar coisas para a minha sopinha light.

Sou tão instável - eu sei disso - que tenho vontade de já me preocupar com o que farei quando essa minha onda light passar. Mas quer saber, decidi tentar aproveitá-la ao máximo, e torcer para que ela dure.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...