domingo, 7 de julho de 2013

Na alegria e na doença....

Faz uns dia que percebi que o meu marido deu uma engordadinha. Normal. Ele tá fazendo tratamento de tireoide, e isso já era esperado. Mas por conta do tratamento, temos que ficar de olho no peso dele. Então eu perguntei: "Amor, tu anda se pesando?"

"Sim - disse ele - 77kg". Enfim, ao longo de toda minha vida e meus efeitos sanfonas, ele nunca fez nenhum comentário, ele nunca reclamou. Ele nunca disse nada. Então eu também não poderia dizer, mas para eu reparar, olha.....com toda certeza ele aumentou sim de peso. 

O peso dele antes era 78, com a tireoide louca, ele chegou a pesar 68krg. "Então - eu pensei- vou me preocupar só quando ele passar dos 78". Mas ontem fomos na casa da mãe dele, e ele disse pra irmã que ele já está com 80kgr. Eu fiquei furiosa porque ele não tinha me dito nada. Mas enfim, depois da raiva passar cheguei a uma conclusão: aqui em casa aumentou o número de pessoas que estão de dieta. 


Eu me sinto muito responsável por isso, falar verdade. Porque o que eu não posso comer, mas tenho vontade, e acabo fazendo para ele. Entupo o pobre garoto de comidas calóricas e super saborosas. Ele nunca reclamou, claro que não. Mas a balança começou a reclamar. 

E agora, eu tenho que corrigir o meu erro. Tenho que ajudar ele a emagrecer. Tadinho. Mas para mim será ótimo, porque agora tenho que controlar mesmo tudo que entra aqui em casa. E como para ele o motivo é saúde, tenho que levar isso à sério. 

Ele terá que pegar leve na alimentação, e sempre que der, precisamos caminhar, andar de bicicleta, ou fazer qualquer coisa para mexer o esqueleto, gastar energia.


Bah, sei como isso tudo é duro, tô morrendo de pena dele. Mas fazer o quê? A notícia boa é que ele sendo homem, o processo é mais rápido e fácil. 

E falar a verdade, tenho que fazer ele fazer uma dieta sem que ele repare que está fazendo uma dieta. Esse processo, para ele, tem que ser super saboroso e divertido. Tenho que reduzir umas coisas, cortar outras, inventar algumas.....para ele emagrecer sem nem mesmo perceber. Vai ser difícil, mas tem que ser assim.

E hoje eu já comecei. No meio da manhã descasquei uma maçã, cotei em fatias e coloquei no ladinho dele. Só para ele não chegar tão faminto no almoço. E no almoço que eu ia fazer carne de panela, optei por carne moída, que ele também adora, e é mais saudável. Enfim, a partir de agora será assim.

Agora é o casal que precisa emagrecer. Então, vamos ver o que conseguimos fazer juntos!

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...