domingo, 6 de abril de 2014

Enfim, a festa

Hoje foi a festa. A tão temida festa......


E como foi? Foi ótima. Ótima mesmo.

Era aniversário da filha de um amigo de serviço do meu marido. O pai da criança, um amor. A mãe, um amor maior ainda. A criança nem se faça....um anjinho na terra. Foi tudo de bom. 

Então, por que a festa era um problema?

Deixa eu explicar para quem não sabe, mas há um tempo - muito tempo na verdade - eu e meu marido, a gente quase se separou. E alguns amigos do serviço dele colocaram pilha pra acabar mesmo. Digamos que apoiaram meu marido no equívoco. Muito tempo se passou, é verdade, mas eu não esqueci. Acho que não esquecerei nunca. Eu simplesmente entendi que tem gente que eu não posso confiar. Bem, o tempo passou....essas pessoas "do mal", continuam trabalhando com meu marido, mas também entraram pessoas novas. O pai da aniversariante por exemplo, faz parte da "nova safra". E na festa, não tinha ninguém "das antigas". Só gente da "safra nova". Só gente que nem se quer sabia da história. Só pessoas que eu adoro estar na companhia e que não me faz lembrar de nada ruim. 

Por isso que toda vez que tem festa da empresa do meu marido, eu fico paranoica para estar maravilhosa. E já provei - há muito tempo - pro meu marido que ele estava errado em querer se separar. Reconquistei o amor da minha vida. Mas sou mulher, e isso significa que isso não é suficiente. Algo dentro de mim - apesar de eu saber que não deveria ser assim, que os amigos "do mal" nem merecem a minha preocupação, blá blá blá..... - quer provar para eles também que eles estavam errados, apoiaram o lado errado. Mas hoje, bem hoje foi perfeito. É tão bom estar num lugar em que não precisa se provar nada pra ninguém, que as pessoas que estão ali não estão te julgando. Estão apenas curtindo sua companhia. Realmente, às vezes a gente pinta o monstro maior do que ele é. 

Sim, eu enlouqueci, quase acabei com minha dieta, fiquei enlouquecida procurando o look ideal, me senti a pessoa mais azarada do mundo por hoje, justo hoje, ainda estar inchada da TPM, e olha só......a calmaria reinou lá na festa.....tudo de bom. Tudo de bom.

Agora, falando do look ideal....bem, preciso falar do look ideal.....eu vi um look na internet e me apaixonei. Achei lindo. Eu nunca teria pensando em usar amarelo com azul marinho, mas achei lindo. Olha só:


E eu decidi que queria ir assim....desse jeito. Eu tinha um vestido azul marinho parecido, só precisava encontrar um max colar amarelo. Só....mas descobri que max colar amarelo, não é uma coisa comum. E olha que quando eu quero uma coisa, vou atrás mesmo...mas não achei. Simplesmente não achei. Então tive que mudar um pouco o plano. E eu odeio isso. Odeio mudar o plano. Mas vamos lá......eu fui assim:


A sandália e a carteira é só referência, mas o vestido, o colar e o brinco, são esses exatamente. Achei lindo no final das contas....mas confesso: vou continuar procurando o max colar amarelo. 

Enfim, a festa foi ótima, tudo tava lindo e eu me diverti. Não comi de mais....e a dieta continua. Próxima parada: Páscoa. Vou para casa da minha cunhada em outra cidade e até lá quero estar melhor do que estou hoje. No final das contas, a gente aprende que a vida tem que ser assim: uma coisa de cada vez, e sempre procurar estar amanhã melhor do que se está hoje. E com essa filosofia, se chega longe....

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...