terça-feira, 29 de julho de 2014

Fazendo boas escolhas

Nas últimas duas semanas eu não tenho conseguido me dedicar como eu queria à Reeducação Alimentar e à atividade física (espero voltar para os trilhos nesta semana). Mas tenho me limitado a fazer boas escolhas. E, falar verdade, é algo que quero levar para sempre. Esse pensamento, essa consciência. 


O alimento não é simplesmente uma forma de obter prazer. E, falando sério, é assim mesmo que a gente encara. Mas está errado. Tem que ser muito mais que isso. Alimento é combustível. O engraçado que ninguém quer colocar combustível adulterado no seu carro, mas tudo bem colocar alimentos adulterados no seu corpo.....realmente não dá pra entender. 

Temos sim que prestar mais atenção no que comemos.

O alimento tem que ter muito mais que saciedade e gostosura. Alimentos tem vitaminas, nutrientes e tudo o que nosso corpo precisa. E parar para pensar nisso (nosso corpo precisa de nutrientes), podemos ver os alimentos de outra forma. Atualmente quando olho para um biscoito (e nem to falando dos recheados) penso em gordura (e vou logo imaginando bacon, afinal é isso o que vai produzir no meu corpo: bacon) e açúcar. Colheres e colheres de açúcar. Então, quando vou fazer meu lanche da manhã, em vez de ficar com a praticidade do pote de biscoitos, eu olho para as frutas (maçã, banana, tangerina, pêra...) e vejo vitaminas. Vitaminas que o meu corpo precisa para funcionar melhor. E fico com as frutas. Parece bobagem, mas já imagino as células do meu corpo felizes por receber tantos nutrientes. Cada alimento natural vem recheado de benefícios, e o importante é variar para conseguir o máximo de benefícios que precisamos.  


E neste momento, nessas últimas semanas - devo confessar- eu nem sequer pensava nas calorias. Pensei apenas nos nutrientes. Mas estou pra dizer que estou saindo ganhando mesmo em termos de calorias. É claro que caloria é importante, ainda mais quando se quer emagrecer, mas não....caloria não é a característica mais importante do alimento. 





Eu pretendo continuar com esse foco, de optar por alimentos mais saudáveis e nutritivos. E acho mesmo que pensando assim vou conseguir emagrecer como consequência, e vou conquistar o que realmente vale a pena: saúde em primeiro lugar.

2 comentários:

  1. E por que sabendo de tudo isso, ainda fazemos o contrário? Também peguei uma gripe monstruosa, estava complicado malhar; eu não poderia simplesmente ter maneirado na comida?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é....é tudo tão fácil na teoria, mas na prática falta determinação. Mas agora, quando for comer algo gorduroso, lembre-se de pensar no bacon que está se formando em você.......eu tô fazendo assim.

      bjsjsjbsjbs

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...