sábado, 25 de outubro de 2014

Happy Hour

Ontem eu e o marido fomos na Happy Hour com o pessoal da empresa dele. Bom...como eu tinha dito antes, resolvi ir. E fui. 


A noite foi bem boa. Mas eu fiquei meio sem jeito. Apesar do marido ter super insistido para eu ir junto, eu era a única que não trabalhava na empresa. E o único casal completo era nós (eu e o marido) e um outro casal que os dois trabalham lá. Fora isso, estavam todos desacompanhados. As mulheres e os maridos ficaram em casa enquanto eles se divertiam no bar. 

E sobre isso quero muito fazer uma observação. Nem deveria fazer, mas quero: essa coisa do casal ter liberdade de sair com amigos....é balela. Não entra nessa. Tá, sei que precisamos respeitar o espaço do companheiro....mas vamos ser francos aqui (é para isso que o blog serve), se o meu marido quiser sair só com os caras.....ainda ficarei braba, muito braba...mas engolirei o orgulho, e direi "tudo bem". Mas se o meu marido quiser sair com os caras e as manas.....olha, aí a casa cai. Ele já fez isso, eu já passei por isso, em um período que nem quero me lembrar. 

Agora deixa eu me justificar: teve carinhas lá que se comportaram? Sim. Eles existem. Um até se comportou tão bem, que até mandei uma mensagem pra esposa dele (que ficou em casa com a filinha, e que é minha amiga) dizendo pra ela não se preocupar, que ele realmente teve um comportamento nota 1.000. Eu também sou amiga de outras esposas, que....enfim, não poderia jamais mandar mensagem alguma, mas que deu vontade de dizer: "olha....hoje deixa ele dormindo no sofá, e mesmo assim, é pouco".....ahhhh, eu tive. 

O quero dizer é.....mulheres, homens e vários drinques é uma combinação que pode dar certo, mas tem tudo pra dar errado. Pronto. Falei. 

Mas vamos nessa, voltar à mim. Afinal isso é o que importa....kkkkkkk

Fomos num boteco maneiríssimo chamado Pedrini. Olha que lugar lindo:


Pediram uma batata frita....bem típico de boteco. Não resistir e comi algumas. Mesmo por que eu tava morrendo de fome. Foi quando eu percebi que precisava vasculhar o cardápio a procura de algo um pouco mais saudável. Achei um tal de sanduíche aberto. 


Vem vários sanduichinhos com pão integral, e no meio, frango grelhado.....foi a melhor pedida do ano. Minha noite até que teria sido perfeita se não fosse pelos 2 (sim, DOIS) Alexsander.

É eu eu estava olhando o cardápio e um amigo do meu marido dizendo "pede Pinã Colada". Bom Pinã Colada é feita com leite condensado. Eu adoroooooo, mas aí o estrago seria grande demais. Preferi, então, optar pelo Alexander que é com creme de leite ( e que hoje descobri que é super calórico igual....drinque é drinque).

Eu nunca tinha provado e adorei. E por cima ainda tinha canela polvilhada.....imagina....AMO CANELA. Amei o tal do Alexsander. Amei. 


E pra quem quiser fazer....eis a receita:

 (mas como eu disse, o meu estava polvilhada com canela)

Nem preciso dizer que já anotei a receita. Preciso?

E o meu super look do Happy Hour:


Então, resumindo, a noite estava bem boa. Eu tava mesmo era fazendo tempestade em copo d'água. Mas ao mesmo tempo, a noite de ontem abriu bastante meus olhos, e eu pude ver que em algumas coisas....Fernanda bem que tem razão!

6 comentários:

  1. Look lindo amei, é essas saídas com amigos sempre temos que ficar com um olho aberto e outro fechado, eu confio no homem não confio é em algumas mulheres...kkkkk

    ResponderExcluir
  2. Adorei seu look! Muito bom gosto!!!
    Bjs! =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Ionara....valeu mesmo. Assim fico toda convencida.....heheheheh

      bjsjbsjbs

      Excluir
  3. Complexooo esse assunto de happy hour rsrsrs e será q vc fez bem elogiando o marido dessa menina e se as outras souberem vao logo desconfiar q o delas aprontaram! rsrss
    Amei seu look! ^^
    E esse drink tem cara de ser mto bom hein, eu amo piña colada! rs

    bjs

    fernandamouta.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fê....minha xará.....hehehehehe

      Esse marido que elogiei....ele tava sentado bem na minha frente. E conversamos a noite toda. Eu perguntei da filhinha, da esposa...e teve um momento que ele disse: depois tu liga pra Fulana (a esposa) e diz que me comportei. Ahhh, eu não ia ligar, né. Mas mandei uma mensagem.

      O que quero dizer é que fiz porque ele me pediu, e fiz porque ele se comportou. Se alguma dessas duas coisas não tivesse acontecido, jamais faria. Jamais.

      E as outras.....bem...deixa pra lá. Melhor deixar o assunto morrer. Mas se algum dia me perguntarem porque mandei pra uma e não pras outras, claro....direi, bem o marido dela me pediu e o de vcs não. E o assunto morre aí....espero :O

      bjsjbsjbs

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...