quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Que caminho você escolhe?

Adoro colocar aqui reportagens interessantes que acho por aí. E hoje vou falar de duas. Que achei em lugares diferentes, mas elas tem tudo em comum, só muda o final. 

As duas histórias começam iguais. E terminam completamente diferente. E a vida é isso.....tudo se baseia em consequências de suas escolhas. Você que constrói, hoje, o seu futuro. Tudo depende de qual caminho você escolhe percorrer.....analise as histórias e depois me diga: qual rumo você pretende tomar na sua vida?


História 1:

Mulher mais gorda da Grã-Bretanha, que consumia 6 mil calorias por dia, morre com 44 anos




A mulher mais obesa da Grã-Bretanha morreu de um ataque cardíaco com apenas 44 anos, pesando quase 280 quilos. Brenda Flanagan-Davies havia se trancado em casa por seis anos, chegando a consumir mais de 6.000 calorias por dia, e ignorando os avisos médicos para “perder peso.”

Seu marido, Ronald Davies, encontrou Brenda espumando pela boca, apenas quatro horas depois de uma visita ao hospital em julho de 2013. Ronald, de 68 anos, que tinha sido casado com a mulher por cinco anos, agora quer alertar as pessoas sobre os riscos da obesidade.

Ele disse: “Fiquei arrasado quando ela morreu. Ela estava viva e um minuto depois já havia falecido. Eu quero alertar outras pessoas para cuidar de si mesmas e não desmerecer uma ajuda quando alguém lhes der a mão.” Brenda era tão viciada em comida que tinha um frigorífico ao lado de sua cama, repleto de chocolates e bebidas gasosas. Ela também gastava quase mil reais por semana com alimentos calóricos que amava consumir.

Brenda era incapaz de andar para o chuveiro ou para a sala de estar sem perder o fôlego. Ronald disse pensar que sua esposa estava com medo de gastar aproximadamente 48 mil reais em uma operação de banda gástrica que lhe foi oferecida, pois temia não ser capaz de perder peso algum.

Brenda engordou 69 kg durante o período que estava com o marido, mas ele disse que não percebeu o fato. O casal se conheceu em 2009 em um centro comunitário em Gateshead. Ele acrescentou: ” Eu percebi, desde a morte de Brenda, que é muito importante ser saudável.”

Fonte: Gaddo

Pra você que acha que obesidade não mata, que se trata apenas de estética....olha aí a história. Uma mulher que morre aos 44 anos, gente....é muito nova. Só por complicações da obesidade. 

Bem, vamos à outra história. 

História 2:


Mulher que mal conseguia tomar banho devido à obesidade perde 114 kg e se torna instrutora fitness




Tracy Henderson era tão obesa que não conseguia tomar bando corretamente, e mudou radicalmente sua dieta para perder peso. Tracy, de 30 anos, de Glasgow, chegou a pesar 177 kg, quando resolveu mudar sua dieta e fazer exercícios, se tornando uma instrutora fitness recentemente. A mulher acordava no meio da noite, lutando para respirar devido à obesidade, e perdeu incríveis 114 kg em dois anos.

Tracy, que agora é uma instrutora fitness, era tão gorda que não conseguia tomar banho corretamente,e nem colocar o cinto de segurança em volta de sua cintura. Ela mudou sua dieta e iniciou a prática de exercícios físicos, alterando sua rotina de intimidações e preconceitos pelo peso, além da baixa estima.

Tracy disse: “Eu era intimidada na escola e começava a comer mais para me fazer sentir melhor. Como eu era enorme, as pessoas começaram a gritar apelidos para mim na rua e até mesmo jogar as coisas de seus carros.” Tracy começou a ter ataques de pânico que a deixavam incapacitada, e foi diagnosticado aos 19 anos com agorafobia, um distúrbio de ansiedade que, na maioria das vezes, está associado às crises de medo.

Ela foi repetidamente levada para o hospital devido a dores agonizantes no peito, onde os médicos disseram a ela para perder peso se quisesse viver bem. Depois de uma dieta de baixa gordura e se alimentando de carnes magras, legumes e frutas, Tracy rapidamente viu seu peso cair. Em apenas um ano ela perdeu 95 kg e sua agorafobia e a depressão tornaram-se coisas do passado. Ela agora pesa apenas 63 kg e acaba de se qualificar como uma instrutora fitness, a fim de ajudar os outros.

Fonte: R7

Eu sei que na segunda história a mulher tem quase 100 quilos a menos. Mas a questão não é essa. A questão é que enquanto uma se entregou à preguiça, à obesidade e tudo mais, a outra enfrentou. A outra lutou por sua vida. Ela foi lá e fez. É essa a questão.

Eu sei que muitas de nós não estamos nem perto dos 100 quilos, estamos bem longe dos 150....mas a questão também não é essa. A questão não é do quanto se precisa emagrecer, ou de quantos quilos pretende perder. A questão é que é possível. E quem decide se você vai ou não conseguir, é você. Mas você tem que ir lá e fazer....ninguém pode fazer isso por você! 

E aí? Qual caminho você vai escolher para sua vida?

6 comentários:

  1. Já conhecia a história da Tracy, por sinal é uma ótima inspiração para quem quer emagrecer.
    Mas emagrecimento é isso são escolhas que temos de ponderar no nosso dia a dia, quem sofre ou já sofreu com obesidade, ou até mesmo com o sobrepeso sabe que da luta árdua e constate para conseguirmos alcançar nossos objetivos. Espero que a história Brenda não se repita e que sigamos o exemplo de Tracy, não somente por estética, mas, também por saúde.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você disse tudo Rejane:

      " Espero que a história Brenda não se repita e que sigamos o exemplo de Tracy, não somente por estética, mas, também por saúde."

      Não há mais nada pra se dizer.......bjsjbsjbs

      Excluir
  2. Verdade amiga ,temos que decidir qual o caminho ,eu com certeza já fiz minha escolha ,me entregar jamais ,ainda mais que no meu caso é por problema de saúde ,obg por partilhar conosco ,bjos!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é...por mais que adoremos o lado estético da coisa, não dá pra esquecer da saúde, nem pra um lado e nem pro outro. Nem exagerar na dieta e nem na comilança.....mas como é difícil achar o tal do equilíbrio....mas vamos nessa....seguir procurando!

      Excluir
  3. Mas ao que parece, a criatura do primeiro caso, estava querendo entrar para o Guinness...!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? ser conhecida por ser a mulher mais gorda do mundo? Simplesmente ser gorda já é tão difícil, porque iria querer ser a mais gorda do mundo? Essas pessoas tem cada ideia....tantas coisas para ficar conhecida, porque escolher logo a gordura? Enfim....sabe-se lá o que se passa na cabeça dessas pessoa......

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...