sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

21 Alimentos que criança não deve comer antes de 2 anos

Ontem vi um linque sobre o Danoninho. Dizendo que ele "não vale por um bifinho". Adoro uma avaliação nutricional de produtos (e eu adorooooooo Danoninho), então fui correndo ler. 

Achei bem interessante. E é claro que vou colocar aqui.


Danoninho não vale por um bifinho!

Às vezes leio comentários de mamães que oferecem TODOS os dias danoninhos, chambinhos e outros petit suisse para os seus filhos. Como lanche ou como sobremesa porque ele é um “iogurte” CHEIO de vitaminas. Toda a fama e farsa desses petits suisse teve início depois daquela propaganda “Vale por um bifinho”, lembram? #sqn

Um estudo recente mostrou que 50% das crianças menores de 1 ano, já experimentaram petit suisse.

O Petit Suisse é um queijo fresco, não maturado, obtido pela coagulação do leite desnatado com coalho ou enzimas e bactérias sendo fermentado, pasteurizado e tem uma alta concentração de leite de vaca. Pode ainda haver acréscimo de condimentos. O processo de fabricação desse queijo proporciona uma consistência mais densa, alta umidade, maior teor de proteínas (mínimo de 6%) e cálcio.

Danoninho não é iogurte, é um produto cheio de conservantes, corantes e MUITO açúcar. Sempre quando encontro a Danone em algum congresso, pergunto, qual é a indicação do Danoninho? E elas me respondem 4 ANOS. E é tão industrializado contendo tantos corantes que não servem para crianças com qualquer idade.

Não é porque sua mãe te dava, e nunca aconteceu nada, que você também precisa fazer o mesmo. As consequências vem depois. E sempre aumenta a probabilidade do seu filho ter uma doença associada a alimentação, comendo inadequadamente. Você quer isso pro seu o seu filho? Eu não.

Danoninho pode causar: alergia, infecções gastrintestinais, anemia (quando oferecido após almoço ou jantar) entre outros…..

Mamães podem parar de se preocuparem em oferecer tanto danoninhos ou chambinhos aos seus filhos. Não entendo por que fazem do danoninho algo indispensável, se na verdade ele não faria falta alguma! Se a mãe não der, o bebê não vai conhecer e, consequentemente, não irá sentir falta nem pedir.

Abaixo esta um trecho do que o Ministério da Saúde e a Sociedade Brasileira de pediatria descrevem:


Observem os ingredientes do Danoninho:
Leite desnatado, xarope de açúcar, preparado de morango (água, frutose, polpa de morango, cálcio, fósforo, açúcar, amido modificado, zinco, ferro, vitaminas D e E, estabilizantes goma xantana, goma carragena e carboximetilcelulose, acidulantes ácido tartárico e ácido cítrico, aromatizante, conservador sorbato de potássio e corante natural carmin), creme de leite, cálcio, cloreto de cálcio, fermento lácteo, quimosina e estabilizantes goma guar, carboximetilcelulose, goma carragena e goma xantana.

Lembrando que os ingredientes aparecem em ordem decrescente de quantidade. Aparece primeiro o que tem mais. E o açúcar aparece em segundo lugar, e em outros lugares na lista. 

Então, depois disso tinha um outro linque, sobre outros produtos que as crianças não devem consumir antes dos 2 anos. Agora vamos analisar bem isso, quero dizer, os motivos pelos quais as crianças não deveriam consumir esses produtos antes dos 2 anos me faz pensar que eles deveriam ser evitados a vida toda. E não só pelos filhos, mas pelas mães, tias, vós......não sou tão radical ao ponto de excluir um alimento da vida. Mas acho que tem coisas que devem, sim, ser evitadas ao máximo. E esta lista é um exemplo disso. 

Novamente.....vou colocar aqui o que eu li. 

Com vocês, uma lista atualizada com 21 alimentos que nós como pais, mães ou responsáveis pela alimentação das crianças devemos esperar que eles cheguem na idade certa pra consumir!

1 – Chocolate:


Acho que isto é uma das coisas que todos contam os dias pra poder oferecer pras crianças. Infelizmente muitas comem antes mesmo de 1 ano, o que realmente é uma pena. Chocolate apesar de ser uma delícia é rico em açúcar, gordura e cafeína. E até os 2 anos o açúcar deve ser evitado ao máximo.

Além disso, devemos lembrar que a grande maioria dos chocolates tem leite, e que este é totalmente contra indicado antes de 1 ano por causa do grande risco de alergia, intolerância e etc.
 
2 – Marshmallow:



De vários formatos, cores, molinhos, no inverno há quem adore colocar no espeto e assar na fogueira, não é? Mas eles são nada mais, nada menos que: açúcar ou xarope de milho, clara de ovo, gelatina e algumas gomas, ou seja, açúcar puro! Dependendo da cor, tem os corantes e afins, mas a preocupação mesmo aqui é a alta quantidade de açúcar antes de 2 anos!

3 – Balas, pirulitos: 


Olha, apesar de serem coloridos, docinhos, tentadores, NÃO, eles não são comidas pra criança. Além do risco de engasgar, é açúcar puro. Ou seja, definitivamente não!

Além do açúcar, tem os corantes, xarope de milho e outros ingredientes que além de contribuir pro excesso de peso, viciam, ou seja, se já oferecermos este tipo de coisa pras crianças, mais difícil será evitar no futuro. Outro fator importante é que a maioria das pessoas não conseguem comer 1 única balinha ou 1 pirulito, sempre consomem um montinho e de novo caímos na questão quantidade: o que é pouco pra nós é muito pras Crias.

Fujam dos pirulitos e balas “brindes”. A criança tem que tomar vacina ou injeção porque precisa e não porque vai ganhar um pirulito, vai cortar o cabelo porque está comprido e não pra ganhar uma bala, entendem? Cada vez mais precisamos fazê-las entender as coisas e outra, doce não é mérito algum!

4 – Açúcar de qualquer tipo:


 O açúcar em si, independente de qual seja, é de certa forma “proibido”, ou melhor contra-indicado pra crianças com menos de 2 anos. O açúcar tem poder de “acostumar”, viciar o cérebro e fazer com que a pessoa crie a tendência em preferir sempre o doce ao salgado, além do fato de que é o causador de diabetes e contribui muito com o excesso de peso e obesidade.

Ele é um inimigo que ao mesmo tempo que é visível é invisível, pois em praticamente tudo encontramos açúcar: bolos caseiros, pães, bolachas, biscoitos, bolachas recheadas, sucos de caixinha, refrigerante e até mesmo nos alimentos encontrados na feira, pois frutas, verduras e legumes possuem seu açúcar natural.

Adoçar sucos, frutas é um hábito nosso, dos adultos e devemos ensinar nossas crianças a consumir tudo de forma natural, sem adição do mesmo!

Além da obesidade, temos o problema das cáries que sim, podem acontecer desde o primeiro dente se não fizer a higiene correta!

5 – Achocolatado:



Se você reparar, fuçar vai perceber que até alguns fabricantes dizem que não devem ser consumidos antes dos 3 anos, ou indicam uma quantidade de consumo à partir dos 3 anos menor que a “usual”. Achocolatados são praticamente açúcar.

Os ingredientes na maioria deles são: açúcar, cacau em pó, minerais, maltodextrína, vitaminas, emulsificante lecitina de soja, antioxidante ácido ascórbico e aromatizante. Contém Glúten e contém traços de leite (ingredientes retirados do site da marca em questão).

Além do risco da obesidade e sobrepeso, estudos já mostram que a ingestão em excesso de açúcar pode deixar as crianças pequenas irritadas e dispersivas, pois a o açúcar provoca maior concentração de insulina no sangue, aumenta a adrenalina que em excesso provoca a ansiedade, excitação  e dificuldade de concentração.

Vamos pensar assim, pra que oferecer antes dos 2 anos algo que além de conter muito açúcar pode fazer com que a criança tome leite só desta forma? O que queremos não é criar bons hábitos? Uma vez criados é mais difícil mudar no futuro e no conjunto de toda alimentação temos muito açúcar e o risco de obesidade e doenças provenientes dela é alta.

6 – Sal:


Sal é sódio e iodo, o sódio em excesso faz mal pra saúde, sobrecarrega os rins e altera a pressão. O sódio está presente em praticamente todos os alimentos e nos industrializados em maior quantidade, por isso, ler os rótulos e analisar quais escolhas estão fazendo é mais do que válida, é cuidar da alimentação de seus filhos.

7 - Salgadinhos, biscoitos doces e biscoitos recheadas: 


Bom, vamos aos ingredientes de uma das opções de marca de biscoito Maizena encontrada no mercado: Farinha de trigo enriquecida com ferro e ácido fólico, açúcar, gordura vegetal hidrogenada, açúcar invertido, amido, soro de leite, sal, fermentos químicos bicarbonato de amônio, bicarbonato de sódio e pirofosfato ácido de sódio, emulsificante lecitina de soja, aromatizante e melhorador de farinha metabissulfito de sódio. Contém Glúten. 

Agora os ingredientes de uma bolacha de leite sem recheio: Farinha de trigo enriquecida com ferro e ácido fólico, xarope de açúcar, margarina, gordura vegetal, carbonato de cálcio, leite em pó integral, amido, sal, sulfato de zinco, açúcar invertido, fermentos químicos bicarbonato de amônio, pirofosfato dissódico e bicabonato de sódio, aromatizantes, emulsificante lecitina de soja, corante caramelo III e corantes naturais carmim cochonilha e clorofila e umectante propileno glicol. CONTÉM GLÚTEN.

Se partimos do princípio que açúcar não é indicado antes dos 2 anos, logo, essas bolachas também não são, além de ricos em sódio, ingredientes transgênicos, glutamato, corantes, gordura. Prefira sempre as opções mais naturais, caseiras, mas mesmo assim com MUITA moderação antes dos 2 anos se tiver açúcar na receita, caso adocem com frutas secas melhor.

8 - Embutidos (peito de peru, salsicha, mortadela, presunto, salame): 


Segundo a Wikipedia O termo embutido compreende o gênero de alimentos que são produzidos ao encher tripas de animais (previamente limpas) ou sintéticas (principalmente no caso de versões vegetarianas) com diversos tipos de recheio. O produto desta operação pode opcionalmente ser defumado antes de ser consumido. Tradicionalmente, muitos são confeccionados com carnes, gorduras e entranhas resultantes da matança do porco. Após uma lavagem cuidada, a parte inferior das tripas é atada, de forma a que possam ser enchidas pela parte superior. O tempero da carne é realizado no mesmo dia, para que se possam encher as tripas no dia seguinte ou ainda no próprio dia.

Agora olha aqui os ingredientes da salsicha: Carne mecanicamente separada de aves, Carne suína, Água, Carne bovina, Proteína de soja, Sal, Amido, Pimenta, Alho, Regulador de acidez: lactato de sódio (INS325), Aromatizantes: aromas naturais (com pimenta, coentro, noz moscada e antiumectante: dióxido de sílicio (INS551i)) e aroma de fumaça, Estabilizantes: triopolifosfato de sódio (INS451i) e pirofosfato de sódio (INS450i), Conservador: nitrito de sódio (INS250), Realçador de sabor: glutamato monossódico (INS621), Antioxidante: isoascorbato de sódio (INS316), Corantes: ácido carmínico (INS120) e urucum (INS160b). NÃO CONTÉM GLÚTEN.

E aqui a Tabela Nutricional:


Tem certeza de que vai dar isso pro seu filho? Bom, se levarmos tudo isso em consideração, definitivamente NÃO, salsicha não é comida de criança e NÃO DEVE ser oferecida antes do 2 anos!

Ricos em sódio, gorduras, conservantes, corantes, nitrato (responsável por deixá-los avermelhados) que é cancerígeno. é porcaria pura. Pode ser gostoso, mas são porcarias e se você tem criança pequena em sua casa, é uma grande oportunidade pra parar de consumi-los. Abuse dos queijos na hora de petiscar. Pães com patês variados também são outras opções de petiscos.

9 – Refrigerante: 

Caloria vazia, cheio de açúcar e claro, viciante, afinal muitas de nós não vive sem e toma escondido das Crias, esse devia ser evitado pra todo o sempre, afinal, nada de bom eles oferecem. E por mais que você achem um absurdo eu falar sobre isso, já vi muitos BEBÊS com refrigerante na mamadeira e é muito triste! Gente é tão fácil, ao invés de oferecer refrigerante, ofereça água ou suco natural! Simples assim!

10 – Bisnaguinha: 


Aí, sinto que agora ferrou-se hahahaha, um monte de mãe vai enlouquecer agora! Na realidade este item entra nesta lista pois quero mostrar pra vocês que NÃO, esses pãezinhos fofinhos, adocicados e que praticamente toda criança ama não é um item com ingredientes bacanas pras crianças.

Os primeiros anos é o momento da criarmos o hábito correto da alimentação de nossos filhos, por isso, criar o hábito deles comerem só as bisnaguinhas está errado! Devemos optar por pães integrais, ricos em cereais e grãos e já existem opções mais “caseiras” no mercado!

11 – Bebidas achocolatadas prontas: 


Elas contém muito açúcar, são fáceis de virar preferência entre as crianças, por isso, na hora de arrumar a lancheira ou lanche do passeio, fuja destas opções nesta fase. Vamos deixar o hábito alimentar bem criadinho pra depois oferecermos certas coisas. Prefira o bom e velho leite batido com frutas e e quer deixar da cor dos achocolatados, bata com cacau em pó!

12 – Bebidas lácteas: 


Este item é uma questão de escolha correta também, os que tem muito açúcar, corantes e conservantes ruins devem ser evitados, os que não tem adição de açúcar se batidos com frutas fica uma delícia!

Antes de 1 ano são proibidas por serem derivado do leite. Percebam que tudo é uma questão de orientação e conhecimento. Basta ler os rótulos, ingredientes e informações nutricionais!

13 – Leite fermentado: 


A maioria tem muito açúcar e em caso de crianças é quase impossível ficarem em 1 só, por isso, esperar eles completarem seus 2 anos ou mais é super indicado.

Se quer oferecer lactobacilos pras crianças, pergunte ao pediatra ou nutricionista sobre outras opções que são saudáveis existentes, os pré e próbioticos em pó pra serem adicionados aos sucos naturais, por exemplo.

14 – Bebida a base de soja (mais conhecidos como sucos de soja): 


Se seu filho não tem intolerância ou alergia ao leite e não precisa consumir a soja, EVITE tudo e qualquer alimento com esta leguminosa. Sim, ela é fonte de nutrientes bacanas mas também é super alérgica e existem estudos que mostram que devem ser consumidas quando mais velhos, depois de adultos.

As bebidas à base de soja em si, possuem muito açúcar e já vimos o quanto o excesso do açúcar é prejudicial nesta fase da vida!

15 – Petit Suisse: 



Outra coisa que a maioria das mães tem uma ansiedade enorme em oferecer aos pequenos. Vamos por partes, eles não valem por 1 bifinho e são ricos em corantes, açúcar, conservantes ….  Alguns fabricantes dizem que não deve ser consumidos antes de 3 anos.  

16 - Sucos industrializados com açúcar: 


Cada caixinha de suco com açúcar, nectares ou afins tem muito, mas muito açúcar, por isso,  devemos optar pelas opções naturais ou os sucos industrializados sem açúcar.  

17 – Sucos em pó: 


Açúcar, corante e coisas que ninguém deveria consumir, ainda mais nossas crianças. Acho que esta imagem fala mais do que mil explicações e artigos científicos.

18 - Comidas prontas industrializadas (nuggets, hamburgueres, almondegas, lasanhas e etc): 


Sódio, espessantes, nitrato, gordura …. optem pelas opções caseiras sempre.  

19 – Gelatina: 



Corante, açúcar e mais nada, na minha opinião é um dos maiores fakes da face da terra. Até mesmo a que existe no mercado mais saudável, com corantes naturais tem açúcar orgânico, mas tem e essa até 2 anos é melhor não consumir

Vamos pensar que a gelatina vai entrar no quesito sobremesa e nesta faixa etária é melhor incentivarmos o consumo de frutas pra sobremesas, doces, lanches e até mesmo variar no cardápio. Com tantas frutas fáceis de achar nas nossas feiras, monotonia é que não vamos ter no nosso cardápio!

20 - Macarrão instantâneo:  



Excesso de sódio e não adianta falar que usa só o macarrão, pois o mesmo também é porcaria pura, rico em sódio e faz mal. Mas como falar parece exagero, que tal ver a tabela nutricional de uma marca famosa de macarrão instantâneo:


Vamos a interpretação: 68% do que uma pessoa que tem uma dieta de 2.000 calorias deve consumir de sódio no dia inteiro, mas uma criança come bem menos, ou pelo menos deveria comer bem menos que 2.000 calorias, ou seja, é MUITO sódio!
 

21 – Leite condensado 


Leite condensado nada mais é que leite, açúcar (muito açúcar) e lactose. Ele não deve ser consumido por causa do açúcar. Tem gente que coloca leite condensado na fruta, na salada de frutas e até mesmo na mamadeira….

Brigadeiro, beijinho, bicho de pé e todos os docinhos típicos de aniversário devem ser evitados, pra não virar rotina!

Vamos supor, você tem 1 festa por mês e só nestas festas seu filho consome docinhos deste tipo? Ok, é de vez em quando de verdade, mas se todo fim de semana tem uma festa infantil, não, nesta idade isso não pode ser considerado de vez em quando. Também não adianta ele consumir apena 1 item por dia os 30 dias do mês, pois os excessos serão rotina.


Algumas leitoras perguntaram sobre o mel, bem o mel é contra-indicado pra crianças menores que 1 ano.

Criar hábito alimentar saudável é iniciado desde os 6 meses e é muito mais fácil o “errado” virar rotina do que o saudável, pois infelizmente a maioria prefere doces e salgados com excesso de sódio, gordura e fritura, além de ser algo cultural e lucrativo pra indústria. Comece a analisar se realmente o consumo é de vez em quando e se há equilíbrio em seus hábitos alimentares.

Ah! Outra frase super famosa é: sempre comi e estou viva (o)! Sim e graças à Deus está vivo, mas consumir alimentos errados, na idade contra indicada e cometer excessos serão refletidos mais pra frente. Um exemplo, crianças que comem de forma errada hoje e já tem algum distúrbio decorrente a má alimentação, será um adulto com 40 – 50 anos com algum problema e isso é comprovado cientificamente.
 


Fonte: Criança bem nutrida e Maternidade colorida

Acho que precisamos criar hábitos mais saudáveis não apenas para nossos (futuros) filhos, mas para nós mesmas. Nos libertar da facilidade e da praticidade dos produtos industrializados. Porque o preço que pagamos por isso, é caro demais! 

E depois de ver esse lista (enorme), eu sei que muitas pensam: Tá, então, o que os filhos podem comer?

Bem, o mesmo que nós estamos tentando comer: produtos mais naturais,  ricos em vitaminas, com menos açúcar, menos sal.....E a verdade é que, quanto mais cedo se aprende isso, melhor é para pessoa. E se temos a oportunidade de ensinar para nossos (futuros) filhos desde e cedo.....por que não fazer? Por qe não?

6 comentários:

  1. Nossa!!!!!! Todas as crianças pequenas que conheço comem danoninho e muito!!!! E gelatina então!!! E eu particularmente ADORO esses dois alimentos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também adoroooooo Isso é porque temos um paladar muito infantil. Temos mesmo é que sofisticar nosso gosto.

      Bjsjbsjbs

      Excluir
  2. Ola!
    Amei esse post, ainda mais eu que estou planejando em ter filho esse ano. Quero desde pequeno, ensinar e incentivar meu pequeno a consumir so alimentos saudaveis. Acho mto importante. Obrigada pelo post, ajudou muito.

    Nao imaginei que o danoninho fosse contra indicado para crianças menores de 2 anos, bom saber disso. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A verdade é que abrir um danoninho é MUITO mais fácil que pegar um iogurte integral e bater com morango. Outra coisa, achamos que se não for doce a criança não vai gostar. Mas a criança não sabe do gosto de nada. A gente é que ensina. As mães é que ficam ansiosas em oferecer um chocolate, um brigadeiro e tudo mais....

      Acho muito legal vc planejar ser diferente, e de influenciar seu filho a ter uma alimentação mais saudável. Eu também penso assim. Se vamos conseguir ou não só vamos descobrir depois, mas querer ser diferente já é um começo.

      Boa sorte no seu planejamento

      bjsjbsjbs

      Excluir
  3. E eu achando o Danoninho super saudável! rsrsrsrs
    Eu amo e estou comendo cada vez menos =)
    Beijo
    Ca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkk é, é o que a maioria das pessoas acham. Mas a verdade é que pouquíssimos alimentos industrializados são realmente saudáveis. Geralmente são cheios de açúcar e sódio. Até mesmo os que se dizem saudáveis, se você olhar bem de perto, de saudáveis não tem nada.....

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...