quinta-feira, 30 de abril de 2015

Aquela hora em que o desânimo bate

Sabe aqueles dias que bate uma vontade louca de desistir?


Tá, deixa eu explicar...não é cansaço. Não é falta de força....mas você dá tudo de si, você simplesmente faz o possível e o impossível (até mesmo o impensável) para conquistar seus objetivos....aliás, este é um ótimo jeito de alcançar seus objetivos: ir à luta. Mas os resultado simplesmente não aparecem. 

Vou explicar de outra forma: você resolve dar uma grande festa. Manda fazer os convites, enfeita todo salão, passa horas separando as músicas, passa o dia na cozinha, e seu único convidado é o tal do Sr. Resultado. Mas o Sr. Resultado resolve não aparecer. O que você faz? Eu, bem eu me divirto quebrando tudo. Seria uma boa opção. Mas desta vez resolvi fazer diferente: resolvi dançar sozinha e torcer para que o Sr. Resultado tenha se arrependido de ter perdido a festa. 

Tá, eu explico......estou fazendo tudo tão tão tão certo, que eu não consigo imaginar uma outra forma de fazer. Antes, eu jogava tudo pro alto com uma programação nova, tipo "vou me afogar no chocolate, mas na segunda eu começo de outro jeito fazendo isso, isso e aquilo novo". 

Mas desta vez não tem o que fazer novo, to fazendo tudo que deveria, e se for pra jogar tudo pro alto e recomeçar fazendo do mesmo jeito, melhor já ficar onde se está. 


Então, já que não me resta mesmo outra coisa a fazer, é prosseguir. Continuar. E torcer para que o Sr. Resultado resolva aparecer na festa. Porque já tá tudo preparado, a música está pronta para o play, já tá tudo servido....então fica aqui um último pedido: vem Sr. Resultado, se divertir comigo!

4 comentários:

  1. Amei ! Fico aguardando ele na minha festa tb. Rs
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Essa é a reação pro resto da vida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, mas não é tão fácil assim incorporar isso. Mas vamos lá, um dia de cada vez :D

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...