quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Dicas do Chris Powell

Outro dia eu estava malhando na companhia do Chris Powell. Ele na TV né gente. Quem dera ter ele ao vivo auxiliando no meu emagrecimento. Sonho meu e de metade das mulheres do planeta.


Tanto que fui procurar na internet dicas dele para o processo. E achei umas bem interessantes. Algumas velhas conhecidas, outras novidades absolutas. Vou colocar todas aqui:


- Remova o açúcar de apenas uma refeição por dia: Você não tem que começar retirando todo o açúcar de uma só vez. Isso pode fazer com que você sinta ainda mais vontade de comer açúcar, principalmente se seu corpo está acostumado a receber grandes quantidades desse ingrediente diariamente. Se você retira o açúcar de uma refeição por dia, seu corpo vai se acostumando a não receber uma quantidade tão grande de açúcar, e você pode começar a retirar mais, de forma que a mudança pareça natural para seu corpo, não uma restrição brusca.

- Pare de tomar refrigerante, tome café da manhã e exercite-se todos os dias: Assim como a dica anterior, essas podem parecer mudanças pequenas, mas quando elas se somam, podem causar uma grande mudança no seu corpo. E por serem mudanças pequenas, elas são fáceis de manter sem que seu corpo se rebele contra elas. O corpo precisa de tempo para se adaptar, e por isso metas pequenas e alcançáveis são sempre melhores. Quando tiver alcançado essas metas, crie outras, também simples e fáceis, e seu corpo irá se acostumar a um estilo de vida mais saudável. 

Os refrigerantes possuem uma grande quantidade de calorias e vão atrapalhar completamente sua dieta. Nós bebemos o dobro de sódio se comprarmos com a mesma quantidade de leite e quase seis vezes mais sódio do que um suco de frutas. Um estudo universitário feito nos Estados Unidos mostra dois grupos que consumiram diariamente 450 calorias com balas e doces e outro grupo a mesma quantidade de calorias com refrigerante. Os consumidores de refrigerante ganharam uma quantidade significativa de peso, mas os consumidores das balas e doces não ganharam tanto peso porque acabavam diminuindo um pouco seu desejo de comer, efeito que o consumo de refrigerante não traz. Então, se você quer algo doce, é melhor mastigar do que beber refrigerante. Mas é claro que o programa Quilo por Quilo recomenda parar o consumo de ambos numa dieta!

Há a necessidade de não pular o café da manhã. Você pode até cair na falácia de que para emagrecer é preciso comer menos. Só que na verdade a grande chave do desafio é comer bem. Se você não toma café da manhã pensando nisso ou porque não está com fome, corre o risco de passar a manhã inteira com o estômago vazio e chegar extremamente faminto a hora do almoço. Resultado: você pode ter mais dificuldade para se controlar e se sentir saciado, acabar comendo mais do que devia e ganhando calorias a mais. Por isso, é sempre melhor comer várias vezes ao dia, mas na quantidade adequada, segundo as dicas do Quilo por Quilo.

Tendo em vista que leva tempo para o corpo se acostumar a novos hábitos, também é importante encontrar espaço diário para os exercícios físicos, para que eles sejam rapidamente incorporados à rotina. Isso não significa que você precisa passar horas diariamente na academia. Mas nos dias em que não puder ir, pode fazer uma caminhada ou corrida de meia hora, por exemplo.

- Planeje: Planeje e prepare suas refeições. Separe as porções e leve seu almoço com você. Sempre que saímos de casa, as tentações estão por todos os lados: alimentos doces, gordurosos e nem um pouco saudáveis. Se você leva seu próprio almoço, sabe que os ingredientes presentes ali são saudáveis e você também tem menos probabilidade de sair para comprar uma salada e voltar com um hambúrguer.

- Estabeleça metas: Antes de começar a colocar em prática a nova dieta e a frequência com que você vai praticar os exercícios, uma dica é ter em mente o objetivo que você quer alcançar e planejar o que você deve fazer em cada semana para conseguir o que deseja. Pense quantos quilos você pode perder durante esse período, mas não deixe de ser realista e prático colocando esses objetivos em números que possam ser alcançados.

- Comprometa-se: Para fazer uma dieta que dê certo, você tem que se comprometer com a mudança todos os dias. Não é fácil resistir àquele pedaço de bolo de chocolate, ou àquele hambúrguer que tem um sabor e cheiro maravilhoso, mas se você estiver realmente comprometido a mudar, fica mais fácil. O mesmo vale para os exercícios: a preguiça sempre vai aparecer em um momento ou outro, mas se você sabe por que está fazendo isso e tem metas com as quais realmente se comprometeu, fica mais fácil subir na esteira ou na bicicleta todos os dias.

- Começar o dia fazendo uma promessa a si mesmo: comprometa-se consigo mesmo para efetivamente mudar os hábitos para uma vida mais saudável e se esforçar para cumprir a promessa. Vale colocar bilhetinhos na porta da geladeira ou no espelho para lembrar do objetivo que a pessoa precisa cumprir naquele dia. Segundo Chris, no programa Quilo a Quilo os participantes começam o dia prometendo a si mesmos que irão se exercitar por pelo menos cinco minutos. Ele diz que não é somente pela atividade praticada em sim, mas sobre fazer uma promessa e conseguir cumpri-la. Assim, a pessoa se motiva e a confiança dela aumenta. (ADOREI ESSA DICA) 

- Use imagens para lembrar dos motivos: Sempre há uma motivação por trás de quem se esforça para emagrecer: pode ser o filho, o marido ou até o sonho de participar de atividades que o peso em excesso não permite. Por isso, para se manter estimulado, tenha sempre perto de você – no espelho ou carteira – imagens que lembrem o motivo pelo qual você está se esforçando tanto.

- Seja fiel a si mesmo e não arranje desculpas: Segundo Chris Powell, o lado emocional é parte importante do processo de mudança de hábitos para alcançar a perda de peso. Ele explica que a chave para alcançar sucesso nesse desafio é ser fiel a si mesmo, mantendo as metas traçadas anteriormente em vez de se fazer de vítima e viver procurando justificativas para não fazer o que já estava previsto.

- Treino de intervalo: Para Chris Powell, a melhor maneira para emagrecer com exercícios é o treino de intervalo. Ele sugere o treino de intervalo 3-2-1: 3 minutos de baixa intensidade, 2 minutos de intensidade moderada e 1 minuto de alta intensidade, em um ciclo que se repete durante toda a duração do exercício. O treino de intervalo queima mais calorias do que um exercício em que você mantém a intensidade constante, e portanto, funciona para emagrecer mais rápido. (ADOREI ESSA DICA)

- Não esqueça da musculação: Músculos queimam mais calorias, além de acelerarem seu metabolismo, mesmo quando você está em descanso. Assim, não se esqueça de fazer exercícios de musculação, pelo menos de duas a três vezes por semana, trabalhando todos os principais grupos musculares do corpo.

- Defina o melhor horário para os exercícios: Você já sabe que precisa arranjar tempo para se exercitar diariamente, mas para que esse momento não seja um fardo na sua rotina, faça de tudo para que ele seja agradável. Uma dica é tentar encontrar um horário em que você se sinta mais bem disposto. Se você percebe que é melhor começar o dia se exercitando do que ir para o treinamento depois de um dia cheio de trabalho, faça os exercícios de manhã.

- Ande: Não perca uma oportunidade sequer de se movimentar. Quando precisar ir a um lugar relativamente próximo a sua casa, troque o ônibus ou o carro por uma caminhada. Para incentivar seus filhos a também praticarem exercícios, busque-os na escola a pé e quando tiver que ir a um local mais distante, em que o automóvel é necessário, estacione o mais distante que puder do seu destino final. Isso te forçará a caminhar e se movimentar um pouco mais.

- Descubra as atividades que você gosta: Para facilitar a prática de exercícios físicos, nada como encontrar uma atividade que te agrade. Se você gosta de dançar, tente aulas de dança. Se você prefere um esporte ou uma luta, dedique-se a eles com mais regularidade. Dessa maneira, a malhação não será um estorvo ou obrigação, e sim um momento de diversão para você, o que tornará mais fácil de ser incorporado a sua rotina.

- Corte o sódio da dieta: O sódio é um dos grandes vilões da saúde atualmente. Ele causa hipertensão, prejudicando o sistema cardiovascular, e retenção de líquidos. Quando você corta a quantidade de sódio que ingere, pode perder alguns quilos apenas do peso de água que estava retido em seu corpo. Você não precisa cortar o sódio totalmente, mas preste mais atenção aos rótulos de produtos industrializados. Você pode se surpreender com a quantidade de sódio que eles contêm, e ainda mais ao somar a quantidade de sódio que você ingere por dia sem nem perceber.

- Fique longe dos alimentos com óleos parcialmente hidrogenados: Para o Quilo por Quilo, é importante não consumir alimentos que possuam em sua composição os óleos parcialmente hidrogenados, pois além de não possuem bons valores nutricionais, eles ainda contribuem para o entupimento das artérias.

- Evite consumir frituras e farinha: No Quilo por Quilo, Powell recomenda que a pessoa que deseja perder o excesso de peso tire – ou pelo menos reduza o consumo – de frituras e alimentos feitos à base de farinha do cardápio. Segundo ele, essas comidas estão entre as principais culpadas da obesidade nos dias atuais.

- Encontre alimentos substitutos: Além de evitar consumir certos alimentos que atrapalham o emagrecimento, é importante encontrar outros que possam substituí-los. Por exemplo, é possível optar por adoçantes naturais, pães feitos à base de grãos integrais e receitas assadas ou grelhadas, em vez de fritas.

- Coma a cada três horas: Quando você come a cada três horas, suas porções diminuem automaticamente, já que você não sentirá tanta fome quanto sentiria se esperasse cinco ou seis horas até sua próxima refeição. Além disso, Chris Powell afirma que comer a cada três horas ajuda a emagrecer ao manter os níveis de açúcar, e consequentemente os níveis de insulina, estabilizados, evitando picos ou quedas bruscas, e assim, evitando as vontades de comer. Escolha alimentos saudáveis e saciantes, como amêndoas, bananas ou queijo com pouca gordura. Pessoas que têm mantido o peso ideal durante mais do que alguns anos tendem a comer uma média de cinco vezes por dia. Fazem mais refeições com menores quantidades, o que colabora para manter o corpo sem fome por mais tempo, reduz o apetite na hora de comer, evitando as comilanças exageradas, e aumenta a energia.

 - Hidrate: Chris Powell recomenda que você beba pelo menos 3,5 litros de água por dia. Você não precisa beber grandes quantidades de uma vez, mas certifique-se de tomar pelo menos essa quantidade ao longo do dia. Há várias maneiras de beber mais água durante a sua dieta, e ao se manter hidratado, você evita o risco de confundir sede com fome – uma coisa que a maioria de nós faz – e consequentemente, pode ser mais fácil evitar aquele lanche entre as refeições. Além disso, um corpo bem hidratado funciona melhor, e a hidratação previne a retenção de líquidos, que pode ser responsável por alguns dos seus quilos a mais. Muitas vezes as pessoas confundem sede com fome. Então, da próxima vez que você achar que precisa comer, tente beber um copo d’água primeiro, antes de consumir todas as calorias presentes no alimento. Beber também ajuda você a se sentir satisfeito. A ingestão de líquido ainda é importante e recomendada durante a prática de exercícios físicos.

- Encontre apoio: Busque apoio nas pessoas próximas a você, ou mesmo em grupos de apoio locais ou online. Quando você divide suas experiências com pessoas que possuem as mesmas visões e metas que você, fica mais fácil de seguir em frente, e você controla melhor suas ações, sabendo que há pessoas contando com você, te apoiando e também sendo apoiadas por você. Para uma mudança de vida tão radical como essa, é fundamental que a pessoa tenha em quem se apoiar. Além da ajuda dos amigos e da família – que comprovadamente trazem efeitos positivos no processo de emagrecimento – a amizade com pessoas que estejam passando pelo mesmo desafio também pode contribuir com a motivação.

- Assuma os seus erros: O treinador do Quilo por Quilo afirma que busca pessoas que tenham coragem de assumir e confessar para ele quando escorregam e erram no programa. Ele acredita que quem toma responsabilidade por seus atos e tem coragem de pedir ajuda está comprometido de verdade com o emagrecimento e realmente quer mudar de vida.

- Não fique desanimado por conta dos erros: É normal que uma hora ou outra a pessoa tenha uma recaída e acabe voltando para um de seus hábitos nada saudáveis. Além de admitir o erro, como exposto no tópico anterior, é importante avaliar a situação para descobrir o que a levou a errar e não desanimar ou desistir e repensar as metas, de modo que possa continuar com o programa de treinamento para alcançar a boa forma.

Então chega de desculpas! 

E por falar em desculpas, o Chris Powell, enumera as 10 desculpas usuais de seus clientes e as maneiras de combatê-las.

1) Eu não tenho tempo:
Para Chris, você nunca vai encontrar o tempo, então deve criá-lo, como acordar mais cedo ou desistir de algo que distraia demais, como TV ou computador: "Fazendo isto, você encontra tempo para se exercitar e vai se sentir melhor. Assim, a energia e a resistência aumentam e você vai se surpreender com o tempo que pode criar com o aumento da energia", explica.

2) Eu não posso pagar por uma boa academia:
Este é um fato real. Uma boa academia com bons profissionais tende a ser cara. Contudo, para Chris isto não é desculpa: "Tenho uma boa notícia: se você quiser realmente entrar na linha, não precisa gastar um centavo em academia ou equipamentos de exercício. Sua casa está cheia de ferramentas que podem ser utilizados, como produtos enlatados ou um galão de água, que podem ser usados como pesos", ensina. Além disso, você tem um corpo! Use-o para caminhar, correr, subir escadas. Tudo isto é de graça!

3) É muito difícil:
Estar acima do peso e com a saúde comprometida também é muito difícil: "A vida é dura de qualquer forma, você só tem de escolher qual o caminho quer percorrer, o da obesidade ou da transformação", comenta. Aliás, para manter o corpo e a beleza, a dificuldade e a dor são companhias certas.

4) Fazer exercícios é desconfortável: Mais uma vez, não é fácil: "Você é mais forte do que pensa e sua vida vai mudar quando começar a se sentir confortável no desconfortável e vai até gostar disto", diz.

5) Eu amo comer: Quem não ama? No entanto, o ideal é que se coma cinco vezes ao dia: "Você pode comer os alimentos que gosta, mas o truque é comer a cada 3h ou 4h, na proporção correta e saber combinar os alimentos", explica.

6) Eu não sei o que fazer ou por onde começar: Esta é geralmente a principal desculpa/dúvida de quem almeja uma transformação, por onde começar? "Comece jogando fora os alimentos errados e comprando os corretos. A nutrição é a parte incial do programa. Em seguida, basta colocar seu corpo em movimento e se divertir", ensina Chris.

7) Eu não tenho força de vontade: Chris combate a maior das desculpas: "Perder peso é menos sobre a força de vontade e mais sobre como manter promessas para si mesmo, tentando coisas novas com fé na jornada. Não desista", diz. (ADOREI ISSO)

8) Eu não tenho apoio de amigos ou familiares: Ter apoio da família ou dos amigos é realmente um fator importante, pois quando não se tem um suporte o desânimo bate na porta, mas Chris adverte: "É importante encontrar alguém que vai apoiá-lo, como um amigo online, um amigo da academia, ou alguém de sua igreja", diz.

9) Eu tenho um problema de saúde que me faz ter dificuldade em emagrecer (hipotiroidismo, intolerância alimentar entre outros): Segundo Chris, problemas de saúde são realmente um desafio: "Converse com seu médico em primeiro lugar para saber quais são as suas reais condições. Mas a maioria das pessoas ainda pode fazer algum tipo de reeducação alimentar e exercícios físicos em busca de transformação, mesmo que demore um pouco mais, podendo, inclusive, melhorar a sua condição de saúde", explica.

10) Eu tenho uma lesão em alguma parte do corpo, como pescoço, ombro, cotovelo, pulso, costas, quadris, joelhos, tornozelos e etc.: Lesões são sempre um fator preocupante: "Seu corpo é mais forte do que você pensa. Com a ajuda do seu médico ou um fisioterapeuta você pode aprender o quão longe você pode chegar. Não é possível usar os músculos da parte inferior? Use a superior. Se você quiser mesmo, vai contornar qualquer lesão. Quando ficar mais forte a lesão vai se tornar um problema menor. Nossos corpos são máquinas incríveis. Eles curam. Eles fortalecem. Eles conseguem", comenta.

Segundo Chris Powell, não adianta a pessoa ter todas estas dicas sem estar disposta a mudar. É preciso, realmente, deixar de lado todo o "blá blá blá". "Você pode fazer isso. Você é mais forte do que você pensa. Você tem o poder de transformar sua vida. Ninguém pode fazer isso por você. Boa sorte e vamos lá", anima Chris.


Bora colocar tudo isso em prática! 

8 comentários:

  1. Li a matéria toda. Incríveis dicas. Muitas estou usando no meu dia a dia. Vamos juntas rumo À eliminação! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também incorporei várias novas dicas. Amei a matéria......rumo à eliminação. Bora lá.
      bjsjbsjbs

      Excluir
  2. MARAVILHOSO O TEXTO. LI TODO ELE, VOU PROCURAR ASSISTIR O PROGRAMA.
    BJOS. SHE.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Assiste mesmo, porque é muito impressionante. Dá muito incentivo......

      Excluir
  3. Ótimo texto amiga! Vamos nos comprometer mais a cada dia com nós mesmos!
    Beijão!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu adorei essa parte....to trabalhando isso na mente.....bora correr atrás do objetivos.

      Excluir
  4. Cris sempre arrasando amei as dicas e estou mudando alguns maus hábitos em mim e vamos em frente amiga.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...