domingo, 4 de janeiro de 2015

Pois é - parte 2


Pois é


O que engorda mesmo é o que você come sozinha

Acabei de escrever um posto sobre o que realmente atrapalha a dieta. Que não é aquele pequeno deslize. É aquele super deslize. Que se você deu um pequeno deslize e seguiu em frente, acredite: sua dieta não está perdida. 

E vou escrever outro, no fundo quero dizer a mesma coisa, mas de uma outra forma. 

É o seguinte, com os pequenos deslizes no final de 2014 que não fizeram tão mal assim pra minha dieta (apesar dos grandes terem impedido que eu saísse do lugar) eu cheguei a uma outra conclusão....

Enfim, hoje fizemos churrasco na casa da vizinha. Nada programado, estavámos todos juntos, eles tiveram a ideia e nós (eu e o marido) aceitamos. Churrasco e piscina: tudo de bom. 


Eu passei a minha vida toda tentando evitar esses eventos. Sério. Sempre achei que eles detonavam minha dieta.

Mas saber que os pequenos deslizes não colocam de fato a dieta a perder abriu os meus olhos, e eu percebi uma coisa (agora analisando a minha vida toda): o que engorda não é o que você come com os amigos, não é o que você come com o marido, não é o que você come com a família.


O que engorda mesmo é o que você come sozinha. 

Vou explicar. 

É bom deixar claro que você não precisa sair pra comer fora todas as noites, e nem farriar sexta, sábado e domingo. Mesmo porque o descanso do corpo é tão importante quanto comer bem. Você não precisa (e nem pode) comer a pizza toda, nem comer todos os pãezinhos com pastinha, nem tomar toda garrafa de champagne.

Antes de realmente entender o que quero dizer, você precisa perceber que pode sair sem comer tudo que nem uma draga. Você pode sair com os amigos pra comer pizza e ficar só nas 2 fatias, você pode ir pra festa infantil e escolher entre o bolo ou o docinho, você pode ir no cinema e pedir a pipoca sem manteiga, ou não pedir a pipoca.

O que quero dizer é: você pode sair e não ter uma jacada total. Pode fazer da sua saída um pequeno deslize.

Entendido isso, chegou a hora de dizer: o que te engorda não é sair com os amigos e comer duas fatias de pizza. O que realmente engorda e ter um ataque de loucura e comer todos os biscoitos do armário. O que geralmente fazemos quanto estamos sozinhas e entediaras (é claro que estou falando de mim). O que realmente engorda é ir no mercadinho e comprar sorvete, chocolate, chips, amendoim, e comer tudo de uma fez só. Sentar no sofá e comer um pacotinho atrás do outro. E acredite, já fiz muito isso.
 

O que realmente engorda é o que comemos escondidas, sem ninguém por perto. Sair com os amigos, e tomar um drinque e uns petiscos (com SUPER moderação) não engorda. Tá, o que quero dizer é: é vai atrapalhar um pouco, mas não é o fim. Desde que você modere, não será o fim do mundo. 

Agora......comer doces e mais doces trancadas na sala de casa....bem isso sim, acaba com qualquer dieta. Pode acabar com meses de ditas. 

Não evite os amigos. Evite mesmo ficar sozinha com seus demônios internos. Muito mais prejudicial pra dieta que sair com os amigos é o que você(eu) come sozinha. E isso sim precisa ser evitado.

Foque nos primeiros passos

Sabe que esse fim de ano (2014, que acabou de acabar), analisando tudo que passou na minha vida...eu cheguei a algumas conclusões.

Nunca é bom generalizar, e não é minha intenção aqui. É claro que existem casos e casos, e quanto mais perto você está da sua meta, mais difícil é emagrecer, porque o corpo luta para manter as reservas de energia....blá blá blá. Mas a grande questão é: estou falando de mim. Do que acontece comigo, e do que que eu deveria fazer. E por mais que eu escreva o testo como se fosse pra outra pessoa....é de mim que ele se trata. E é sempre bom deixar isso bem claro. 

Enfim....analisando a finaleira do ano, em que eu dançava entre o 87 e 88....eu cheguei a uma conclusão: se você está começando uma dieta, ou acabou de ter uma super jacada, ou tem uma alimentação com várias "permitidas" e ainda assim diz que fazer dieta é muito difícil....ou você precisa achar um médico para ver se tem algum problema de saúde, ou está sofrendo por antecedência com medo da "empacada" e de quando emagrecer se torna mesmo mais difícil., ou você está se referindo a todos os hambúrgueres com batata frita e doces que não pode comer.


A questão é, passei os meses finais de 2014 sem conseguir alcançar de fato os 86. Mas passei os meses final de 2014 sem levar a dieta muito a sério. Sempre tinha uma fatia de pão a mais, sempre tinha uma fatia de bolo em vez do pão, sempre tinha uma colherada de sorvete roubada do marido, uma fileirinha de chocolate roubada do marido. Uma taça de vinho não programada, um carboidrato na janta.....e o que percebi é: quando eventualmente eu tinha um deslize....a dieta não sentia tanto assim. Mesmo porque eu não estava nada perto da minha meta. Mesmo que todo dia, eu tivesse uma bola fora....a dieta não sentia tanto assim. 

O problema era quando eu fazia isso tudo do mesmo dia. Tipo....várias bolas fora, toda refeição com algo a mais....aí não tinha jeito....a dieta sentia mesmo o peso da falta de disciplina. Mas no geral, se você não está fazendo nada muito restritivo, se você tá no começo ou coisa assim, olha, o corpo está com o metabolismo lá em cima, e não precisa passar fome pra emagrecer. Pode até ter aquele bombom de sobremesa (digo no começo, e digo 1 só). 

O problema não é 1 bombom. O problema é quando queremos comer a caixa toda. Ou quando depois do bombom, queremos uma fatia de pão a mais no lanche e o carboidrato na janta....

Não! Não é tão difícil, não precisa passar fome. Nós precisamos entender qual é o real problema. E o problema não está naquele iogurte a mais, nem a fruta num horário não programado. O problema está no exagero. Tá, a gente já sabia disso. Mas sabe o que acontece? Acontece que quando começamos uma dieta e sentimos uma fome danada no meio da tarde, mesmo depois de comer o lanche, a gente se xinga, se pune, como se 1 frutinha a mais colocasse toda dieta a perder. Não vai. Uma maçã a mais, ou mesmo uma banana a mais, não vai destruir sua dieta. 

Não é isso o que prejudica, não é mesmo. Se você está aproveitando 2015 pra (re)começar [e não esqueça que você tem o ano todo] lembre-se disso. Se num dia você comeu uma coisinha a mais, não faça disso uma tempestade. Pense em apenas ter mais cuidado no resto do dia. E deu. 


No inicio é super fácil. Basta você optar por coisas mais saudáveis e se mexer um pouco mais que o corpo já está emagrecendo. Não pensa - agora- o quanto será difícil depois. Dê um passo de cada vez. Vai com calma. E não pense no prazo, no carnaval, na páscoa ou no que quer eu seja. Se dê o tempo que você precisar. 

E se quiser se preocupar com o futuro, não se preocupe com a parte ruim. Pra quê? Não pense no quanto demorará, no quanto ficará difícil ou coisas do tipo. Pense na parte boa. Pense em como você quer ficar o em como vai se sentir quanto chegar lá. 


Pense só na parte boa, e deixe o resto ir ao seu tempo. Cada coisa na sua hora....e não se esqueça: você tem o ano inteiro pela frente!

Aproveite o inicio do ano para ter o inicio de sua nova vida, e aproveite que é o inicio para ir devagar. O que imposta não é a velocidade. É a constância. E foque apenas nos primeiros passo. E se der um deslize, deixe por conta do metabolismo. Apenas tenha cuidado no resto do dia (ou da semana...depende do deslize) e se concentre em um passo de cada vez. 

Vai chegar uma hora em que vai ser mais difícil? talvez. Mas não se preocupe com isso agora. Pode ser que esse momento nem mesmo chegue pra você. Apenas comece. Comece a comer coisas mais saudáveis, dê preferência aos integrais, coma frutas, coma legumes, se mexa mais, e você perceberá fazer uma RA não é assim tão difícil, Basta começar.

Essa coisa de começar o ano prometendo que vai emagrecer é tão eu que me irrita...


sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Seja bem vindo, 2015

Enfim, 2015 chegou. 


E 2014 passou tão rápido que eu nem vi. nem me dei conta. E eu estou aqui, de novo....me fazendo as mesma promessas, tentando alcançar velhas metas, e enfim, tão cansada disso tudo.....

E só pra complicar mais, 2015 vai ser um ano diferente, com muitos acontecimentos por aqui, temos várias coisas agendadas.....que a única coisa que quero é viver um dia de cada vez, tentar fazer o meu melhor, fazer o que precisa ser feito (principalmente comer direito e malhar). Eu quero é tentar fazer de uma forma diferente, quero aproveitar todoooo o ano. E não só 1 ou 2 meses. Quero ter todo o tempo que eu mereço. 

Eu quero isso. Quero tentar fazer diferente.....vou me dar o ano todo, e ver o que consigo fazer em 365 dias (agora 363). Não é pouco tempo......e dá pra mudar uma vida em um ano. E eu vou mudar a minha.

Só se anda pra frente....

Na vida, o tempo não volta


Este ano serei mais modesta nos objetivos

Pensando bem.....isso não é tão simples assim, mas vai dar certo....


quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

2015

Aproveite todas as oportunidades. Pra que tentar fazer em 1 mês se você pode fazer durante o ano todo......aproveite todos os dias de 2015


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...