sábado, 28 de fevereiro de 2015

E só depende de você!


Diário Alimentar 2015

Eu sempre prego a importância do Diário alimentar. Faz tempo que faço. Anotar o que se come é um grande passo na direção certa, pois isso te faz pensar no que você anda consumindo. 
 

Eu já usei vários tipos de diário alimentar. Na verdade, depende do que estou disposta a fazer.....já usei caderninhos, já usei agenda (da boa forma é ótima, mas a que mais gosto é das empresariais, que usei em 2013 e 2014), já até fiz minhas próprias impressões de diário alimentar. Já usei até calendário de parede como diário alimentar. Já usei App de celular (o tecnonutri) e simplesmente o adorei.  Enfim......

A questão é....ando sem paciência para diário alimentares, por mais que eu saiba como são importantes. Então eu o resumi ao máximo, e voltei pros calendários de parede. Estou usando este aqui: 


Por dentro ele é assim:


E eu vou completando os quadradinhos com o peso, a quantidade de atividade física que faço (se faço), se segui ou não à dieta, o que ando fazendo de diferente e coisas do tipo.

Mas devo confessar que não esta muito bom....ainda não. Isso me deixa focada, mas não o suficiente. Eu sei que este diário alimentar (super resumido) não é o ideal. Penso em voltar para as agendas dos últimos anos, mas não agora, ainda não. 

Enfim, sei que preciso de algo mais para focar melhor na alimentação. E como estou meio enjoada do tecnonutri (uma coisa que não gosto dele é que ele não contabiliza as calorias gastas nas atividades físicas), semana que vem começo a testar um novo APP, o fatsecret. 


Como ele é ou não é, só vou poder dizer depois que usá-lo. Mas sei que ele contabiliza também a atividade física, e eu acho isso ótimo. Então, na verdade o fatsecret será meu diário alimentar e o meu calendário vai ser um apoio. Eu vou colocar no calendário as calorias consumidas em cada dia (calculada pelo App), e o tempo da atividade física, o peso e as observações de sempre. Mas acho que aliar o Fatsecret com o calendário será uma boa saída. Com a disposição (zero) que ando, é o melhor que posso fazer.....

Sim, estou sem nenhuma disposição, mas não estou desisitndo, estou lutando, estou tentando. Não posso desistir. Não agora, não nunca. 

Continuo com o calendário de apoio, e amanhã já começo com o Fatsecret (porque amanhã é dia 1, e eu tenho dessas coisas). Não sei se já se deram conta, mas já se foram 2 meses. Mas ainda assim, o ano está só começando!

Depois eu conto se gostei do App.

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

O contrato


O meu contrato

Outro dia eu fiz um post sobre fazer uma combinação consigo.

Eu não sei se deixei claro, e se deixei vou falar de novo....enfim, a parte legal de se imaginar no peso ideal e pensar no que você faria para mantê-lo é descobrir o que você está disposta a fazer. E depois que você descobrir do que está disposta a fazer, simplesmente faça. Faça desde já, e encare como um ensaio para sua vida futura. 

Pensando nisso, estou aqui para fazer a minha combinação. O meu contrato.

E este deve ser o contrato mais importante, porque é um contrato entre eu e eu mesma. Entre eu-hoje-gorda e eu-amanhã-magra.


E neste contrato não terá nenhuma cláusula de quebra contratual. Aliás, não será admitida quebre contratual. 


Se alguma das partes não cumprir sua parte no acordo, seja a eu-hoje-gorda não fazendo o que é preciso ou a eu-amanhã-magra não disponibiliando o resultado esperado.....enfim, isso não será desculpa para quebra contratual. As partes deverão simplesmente se empenhar mais para fazer o contrato valer.....pra valer. 

Então, me imaginei na minha futura vida saudável, e decidi o que será um hábito pra mim futuramente. E fiz o meu contrato. Olha só ele aqui:


E ao terminar, foi só assinar ele..... 


Eu o imprimi e colei na parede. Para que eu não esqueça do meu contrato. Para que eu não esqueça onde quero chegar. 

Agora é só ensaiar, e colocar em prática a vida que quero ter daqui um tempo.....e já vou começar agora!

O contrato está selado!!!!


Agora é fazer ele valer de verdade!!!!

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Faça uma combinação e cumpra!

Todas nós sabemos que ter uma vida saudável não é a coisa mais fácil do mundo, principalmente se você - como eu - for uma comedora compulsiva.

Na teoria tudo parece ser bem simples: coma coisas saudáveis e pratique uma atividade física. Mas na prática, com tanta batata frita e tanta tanto bolo de chocolate no mundo....fica difícil permanecer no propósito de ter uma vida mais saudável. Em boa parte porque encaramos como um sofrimento, como algo bem difícil que deve ser feito por um tempo curto e que logo depois será recompensada com a felicidade eterna e com isso você poderá voltar a viver como sempre quis.

E por mais que a gente saiba que essa coisa tem que ser pra sempre, no fundo a gente encara como se fosse algo por hora, temporário. 

Então, essa é a primeira coisa que temos que internalizar: será pra sempre!

Repita isso quantas vezes for necessária, todas as manhã em frente ao espelho, pra si mesma enquanto toma banho, mas entenda isso: é pra sempre.


Essa coisa de vida saudável é para o resto da vida!

E uma vez que você entenda isso, tudo fica um pouco mais fácil. Porque você começa a entender que precisará evitar a batata frita pra sempre, mas que poderá comer de vez em quando - só de vez em quando mesmo- e que você poderá achar alguns substitutos mais saudáveis e inventar formas de preparo menos calóricas. 

Tá.....e depois que você realmente entender isso, pode fazer a segunda parte: a combinação!

E eu sugiro o seguinte: imagine você magra, saudável e feliz.


Se imagine no peso ideal. Se imagine por um minuto exatamente como você sempre quis ser. Sinta a felicidade. Sinta toda a animação. 

Agora pense, você magra e linda....o que você faria pra continuar assim. O quanto você se esforçaria para continuar assim, sabendo que é preciso sim, muito esforço pra isso. 

E faça um projeto mesmo, do que é necessário. 

Vamos ver, comer salada, carne magra, evitar doces e frituras, e malhar 1 hora por dia, 5 dias na semana. Estou apenas supondo. Cada uma faz a combinação do que faria para isso. 

Eu? bom, para manter meu corpo magro, eu continuaria no meu cardápio de 1.500 calorias por dia, para o resto da vida, mesmo por que não é um cardápio difícil. É muito fácil, na verdade. Eu malharia 2 horas por dia (adorooo malhar, e malharia 1 hora de manhã e 1 de noite, por pura diversão). Eu faria. Pra manter-me magra, faria. E teria meus dias de lixo regrado.

Juro que faria isso para manter-me magra.

E depois que você realmente entender o que você faria para se  manter magra (mas seja honesta, sem exageros,e lembre-se que é pra sempre MESMO), você estará, na verdade, descobrindo o que você faria para chegar a magreza. O que você realmente faria para chegar lá. Então...faça!

Você só precisa cumprir o combinado. Quero dizer, em vez de encarar esse processo como emagrecimento, encare como um ensaio. Você está ensaiando para sua vida magra. E você precisará ensaiar muito, quero dizer, para realmente internalizar essa alma magra, você terá que ensaiar bastante. 

Terá alguns tropeços. Sempre haverá. Mas se você lembrar que é um ensaio, bem, basta voltar rapidamente pro combinado e seguir ensaiando. Quanto mais você ensaiar, mais rápido chegará o grande dia da apresentação. 


E quando chegar o dia da sua apresentação, não se esqueça do ensaio, não se esqueça das falas, de suas deixas, de tudo que ensaiou. Quanto mais fiel você for ao ensaio, maior será o sucesso da sua apresentação, e mais anos e anos durará a apresentação. 

Encare assim.....e faça o que você acha que pode, o que faria. E então....você realmente chegará onde quer!

É só um jeito novo de encarar as coisas.....e isso pode fazer uma grande diferença!

Aham?

Hoje, ao colocar os comentários em dia (eu costumo responder TODOS), me deparei com um comentário que me deixou pensativa. Numa parte dele, ele dizia: "adorei seu blog,o meu é de dieta,se gostar passa para me visitar beijos"

Como assim "o meu é de dieta"? Do que acha que é o meu?

Bom....falar verdade, o meu não é somente sobre dieta (quem lê sabe). o meu é sobre mim, sobre o que eu eu vejo da vida, e normalmente, tipo 90% das vezes, eu vejo dieta, dieta e dieta. Mas deve confessar que não é só sobre isso.

Mas esse comentário me fez pensar. Pensar que preciso escrever mais. Preciso escrever mais sobre isso. Sobre dieta.....


Sobre mim, sobre meus dias, sobre minhas aflições....

Afinal, um blog chamado "She RA - Reeducação Alimentar" não pode deixar dúvidas sobre o que é......não é? 

Na verdade, eu não sei. Será?

Instagram: o que rolou nas (duas) últimas semanas


sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

E você também não pode parar


Bora viver

Hoje, estava fussando no Pinterest quando vi uma foto: 



Essa foto me fez pensar...não se trata apenas de um look. Aliás look lindo. Mas essa foto pra mim foi um pouco mais profunda.

Porque eu vi muita coisa nessa foto. Vi a vida que eu quero ter. O que quero ser. E não é falo só de um corpo mais magro. Vejo além disso. Vejo uma pessoa feliz, que não passa dos dias pensando em comida ou contado as calorias. Ela simplesmente está em paz. Se vestiu e está indo viver. Ela não está preocupada em quando será a próxima refeição, ou super louca querendo uma barra de chocolate enorme. Ela simplesmente foi viver.

E, hoje eu percebi o quanto quero isso pra mim. Quero não pensar nas calorias, quero parar de pensar em comida, quero parar de pensar no quanto preciso eliminar. Quero Simplesmente ter paz. Estar em paz comigo. E poder me permitir viver. Sair pra viver. Eu não conheço essa pessoa da foto, e não é que eu queira ser ela. Eu quero ser o que ela significou pra mim hoje.

Preciso tranquilizar minha mente e ir bem busca do que eu quero. E preciso fazer isso hoje. Agora!

Assistir filmes românticos em casal diminui chances de divórcio

Outro dia li uma reportagem sobre um estudo sobre algo que eu sempre suspeitei. Bem, adoro assistir a um romance básico. E acho que pode sim manter a chama do romance vivo. Principalmente se você conseguir convencer o seu parceiro a assistir junto contigo. 

 
 Mas vou confessar: isso não é nada fácil.

 Fora algumas exceções, convencer o marido a assistir um romancezinho "água com açúcar" não é nada fácil. Eu e meu marido, muitas vezes, fazemos uma troca: ele assiste um romance comigo, e eu a um super filme de ação com ele.  Até que funciona.

Então, vamos ao que diz o estudo:

Assistir filmes românticos em casal diminui chances de divórcio, diz estudo

Existe alguma maneira simples de ajudar casais a manter um relacionamento forte? Segundo pesquisadores da University of Rochester, em Nova York, nos Estados Unidos, a resposta é afirmativa.

Um estudo feito pela universidade durante três anos sugere que assistir e discutir filmes com temática romântica com seu cônjuge pode diminuir significativamente o risco de divórcio.

Para o estudo, foram analisados 174 casais recém-casados. Eles foram separados em quatro grupos. Dois grupos participaram de terapias conjugais bem conhecidas. Outro grupo não teve qualquer tipo de tratamento. Já o quarto grupo participou de uma intervenção onde foram utilizados filmes românticos.

Para a intervenção com filmes, os pesquisadores primeiro conversaram com os casais sobre a importância de trabalharem para manter seus relacionamentos. Depois, os casais assistiram ao filme britânico de 1967 "Two for the Road", sobre um casal que examina os acontecimentos de sua relação de 12 anos em uma viagem ao sul da França.


Em seguida, os casais discutiram sobre algumas questões que envolvem o filme, como o perdão. Os casais foram então para casa com uma lista de filmes que deveriam assistir e discutir juntos nas próximas semanas, como "Melhor é Impossível", "...E o Vento Levou", "Husbands and Wives" e "Beleza Americana" 


Após três anos, os pesquisadores foram atrás desses casais para ver se eles ainda estavam juntos e se houve alguma alteração na qualidade do casamento. No grupo que não fez tratamento, 24% dos casais separaram-se. Já os grupos que tiveram terapia ou fizeram intervenções com os filmes, apenas 11% divorciaram-se.

Portanto, assistir filmes românticos e depois discuti-los com o parceiro foi tão eficaz quanto as terapias conjugais.

O estudo lembra, porém, que essas intervenções são apenas preventivas. Ou seja, não é um substituto para casais que estejam enfrentando sérios problemas em casa. Mas para os casais que estão começando agora, esse método pode realmente ajudar, afirmam os pesquisadores, pois os filmes com temática romântica ajudam os cônjuges a ficarem mais conscientes da importância de trabalhar e discutir seu próprio relacionamento.

Fonte: Catraca Livre

Isso não é maravilhoso?  Quero dizer, casamento é algo tão difícil às vezes, que descobrir algo que possa ajudar é quase que reconfortante. 

Então pra te ajudar (e me ajudar) mais ainda, aqui vai a lista dos filmes sugeridos e usados na pesquisa:

Instruções:


Esses filmes apresentam relacionamentos íntimos como uma trama principal. Assista um filme por semana juntos, em seguida, discuta as questões para discussão  do filme como um casal por aproximadamente 45 minutos.

Os filmes usados no estudo (coloquei em parênteses o provável nome do Brasil):
A Star Is Born                                ( Nasce uma Estrela)
Adam’s Rib                                    (A Costela de Adão)
Anna Karenina                                (
Anna Karenina) 
As Good As It Gets                         (Melhor é impossível)
Barefoot in the Park                         (Descalços no Parque)
Children of a Lesser God                  (Filhos do Silêncio)
Days of Wine and Roses                   (Vício Maldito)
Desk Set                                         (Amor Eletrônico)
Dying Young                                   (Tudo por Amor)
Fools Rush In                                 (E Agora, Meu Amor?)
Forget Paris                                    (Esqueça Paris)
French Twist                                   (
French Twist)
Funny Girl                                       (A Garota Genial)
Gone with the Wind                          (...E o Vento Levou_
Guess Who’s Coming to Dinner         ( Adivinhe Quem Vem para Jantar)
Hanover Street                                 (Amor em Chamas)
Husbands and Wives                         (Maridos e esposas)
Indecent Proposal                             (Proposta Indecente)
Jungle Fever                                     (Febre da Selva)
Love Jones                                       (Uma Loucura Chamada Amor)
Love Story                                       (Uma História de Amor)
Made for Each Other                         (Nascidos para Casar)
Mississippi Masala                             (
Mississippi Masala)
Move Over, Darling                           (Eu, Ela e a Outra)
Mr. Blandings Builds His Dreamhouse  (Lar, Meu Tormento)
My Favorite Wife                               (Minha Esposa Favorita)
Nina Takes a Lover                            (O Amante de Nina)
Nine Months                                      (Nove Meses)
On Golden Pond                                 (Num Lago Dourado)
Pat and Mike                                      (A Mulher Absoluta)
Penny Serenade                                  (Serenata Prateada)
Pfft!                                                  (
Pfft!)
Red Firecracker, Green Firecracker      (Red Firecracker, Green Firecracker)
She’s Having a Baby                           (Ela Vai Ter um Bebê)
Steel Magnolias                                  (Flores de Aço)
Terms of Endearment                         (Laços de Ternura)
The Devil’s Advocate                         (Advogado do Diabo)
The Egg and I                                   (O Ovo e Eu)
The Male Animal                               (Assim é que Elas Gostam)
The Out of Towners                          (
Forasteiros em Nova Iorque)
The Thin Man                                   (A Ceia dos Acusados)
The Way We Were                             (Nosso Amor de Ontem)
Untamed Heart                                  (Coração Indomável)
When a Man Loves a Woman             (Quando Um Homem Ama Uma Mulher)
Who’s Afraid of Virginia Woolf           (Quem Tem Medo de Virginia Woolf? )
With Six You Get Eggroll                    (Tem um Homem na Cama da Mamãe )
Yours, Mine and Ours                        (Os Seus, os Meus e os Nossos)


Filmes adicionais para tentar (coloquei em parênteses o provável nome do Brasil): 
American Beauty                               (Beleza americana)
Anger Management                           (Tratamento de Choque)
Autumn in New York                         (Outono em Nova York)
Bee Season                                       (Palavras de Amor)
Before Sunset                                   (Antes do Pôr-do-Sol)
Blue Valentine                                    (Namorados para Sempre)
Coal Miner’s Daughter                       (O Destino Mudou Sua Vida)
Couples Retreat                                 (Encontro de Casais)
Crooklyn                                          (
Crooklyn)
Date Night                                        (Uma Noite Fora De Série )
Deliver Us from Eva                          (Alguém Para Eva)
Devil Wears Prada                             (O Diabo Veste Prada)
Family Man                                      (Um Homem de Família)
Father of the Bride                            (O Pai da Noiva)
Fool’s Gold                                      (Um Amor de Tesouro)
Four Christmases                              (Surpresas do Amor)
Her                                                  (Ela)
Hope Springs                                    (Um Divã para Dois)
It’s Complicated                                (Simplesmente Complicado)
Julie & Julia                                      (Julie & Julia)
Jumping the Broom                            (Pulando a Vassoura)
Just Married                                      (Recém-Casados)
Life as We Know It                            (Juntos pelo Acaso)
Longtime Companion                          (Meu Querido Companheiro)
Love and Other Drugs                        (Amor e Outras Drogas )
Marley and Me                                   (Marley e ey)
Meet the Fockers                               (Entrando Numa Fria Maior Ainda )
Monster-in-Law                                 (A sogra)
Mr. & Mrs. Smith                              (
Mr. & Mrs. Smith)
Obsessed                                          (Obsessiva)
Something’s Gotta Give                      (Alguém Tem que Ceder)
Surviving Christmas                           (Sobrevivendo ao Natal)
Sweet Home Alabama                         (Doce Lar)
Sweet November                               (Doce Novembro )
The Five-Year Engagement                 (Cinco Anos de Noivado)
The Backup Plan                                (Plano B)
The Big Wedding                               (O Casamento do Ano)
The Bounty Hunter                             (Caçador de Recompensas)
The Breakup                                      (Separados Pelo Casamento)
The Campaign                                   (Os Candidatos )
The Door in the Floor                         (Provocação)
The Good Girl                                    (Por um Sentido na Vida)
The Horse Whisperer                          (O Encantador de Cavalos)
The Marriage Chronicles                     (A Batalha de Riddick)
The Mirror Has Two Faces                 (O Espelho Tem Duas Faces)
The Money Pit                                   (Um Dia a Casa Cai)
The Notebook                                    (Diário de uma Paixão)
The Story of Us                                 (A História de Nós Dois)
Think Like a Man                               (Pense Como Eles)
True Lies                                           (
True Lies)
Unfaithful                                          (Infidelidade)
Waiting to Exhale                                (Falando de Amor)
Wanderlust                                         (Viajar É Preciso)
Why Did I Get Married?                      (Por Que Eu Me Casei?)
You, Me and Dupree                           (Dois é Bom, Três é Demais)

Questões para discussão filme:

(INSTRUÇÕES: Por favor, use as seguintes perguntas para discutir as relações retratadas no filme. Uma vez que você discutiu uma pergunta específica, escreva sua resposta conjunta no espaço fornecido.)

Que filme você assistiu?

1. Qual foi o principal relacionamento retratado no filme? Esta é a relação que você vai focar nas perguntas seguinte

2. Qual o principal problema enfrentado pelo casal? Alguma delas são semelhantes aos problemas que vocês têm enfrentado ou poder encarar como um casal?
 
3. Será que esse casal se esforçou para entender um ao outro? Será que eles tendem a aceitar um ao outro, mesmo que eles sejam muito diferentes?
Ou será que o casal tendem a atacar as diferenças dos outros? De que forma essa relação era semelhante ou diferente do seu próprio relacionamento nesta área?
 
4. Será que o casal tem uma forte amizade com o outro? Eles foram capazes de apoiar uns aos outros através de mau humor, dias estressantes, e tempos difíceis? Será que eles ouviram uns aos outros, como bons amigos? Será que o casal no filme eram atenciosos ou fizeram coisas carinhosas um para o outro? De que forma essa relação era semelhante ou diferente do seu próprio relacionamento nesta área? 
 
5. Como é que o casal lida com diferenças de opinião? Eles foram capazes de se abrir e dizer uns aos outros como eles realmente sentia, ou eles tendem a só a encarar um ao outro com raiva? Será que eles tentaram usar o humor para manter as coisas quando tudo ficou desagradável? Será que eles sentiram como se eles estivessem realmente tentando entender um ao outro? De que forma essa relação era semelhante ou diferente do seu próprio relacionamento nesta área?
 
6. Se o casal começou a argumentar, fez o clima esquentar? Será que o casal começou a atacar uns aos outros, ficando cada vez mais significativo e hostil? Será que eles acabam dizendo coisas que realmente não queria dizer? Uma vez que isso começou a acontecer, como é que os argumentos tenderam a acabar? De que forma essa relação era semelhante ou diferente do seu próprio relacionamento nesta área?
 
7. Quando um dos parceiros trouxe um problema, o outro encarou de maneira construtiva (manter as coisas específicas, explicar os seus sentimentos sem atacar), ou o fez parecer mais como um ataque? Pareceu que por trazer um problema tornou-se um assassinato do caráter do parceiro? De que forma essa relação era semelhante ou diferente do seu próprio relacionamento nesta área?
 
8. Como o casal no filme lidar com sentimentos de mágoa? Eles pediram desculpas um ao outro? Será que as desculpas parecem sinceras? Será que eles tendem a tirar conclusões negativas quando os seus sentimentos se machucam, ou eles tendem a dar aos outros o benefício da dúvida? De que forma essa relação era semelhante ou diferente do seu próprio relacionamento nesta área?

9. Será que os parceiros parecem ter expectativas semelhantes de seu relacionamento? Onde é que as suas expectativas diferem? Pareceu que eles estavam cientes de suas próprias expectativas? As expectativas eram razoáveis? Será que eles compartilham suas expectativas entre si? De que forma essa relação era semelhante ou diferente do seu próprio relacionamento nesta área?
 
10. Que outras coisas aconteceram no filme que pode levar você a pensar de forma diferente sobre o seu relacionamento/casamento?
 
11. Que outros comentários você tem sobre este filme? 

Este filme foi relevante para o seu próprio relacionamento?
[  ] De modo nenhum
[  ] Um pouco
[  ] Muitíssimo
 
Este filme era divertido?
[  ] De modo nenhum
[  ] Um pouco
[  ] Muitíssimo

Como você classificaria a qualidade geral deste filme?
 
[  ] De modo nenhum
[  ] Um pouco
[  ] Muitíssimo


Eu sei que assistir aos filmes e depois passar 45 minutos discutindo pode ser um pouco demais. Quero dizer, já é difícil convencer o parceiro a assistir aos filmes (se bem que alguns desses são clássicos e outros bem divertidos. acho que eles topariam assistir sem problemas), quem dirá assistir e discutir depois. 

Mas vamos por parte, acho que simplesmente assistir aos filmes juntinhos, já fará um bem imenso pra relação. Pelo menos, não custa nada tentar......não é mesmo?

Enfim, alguns desses filmes eu já assisti. Outros eu tenho e não assisti ainda (mas vou), e outros...bem, já vou providenciar. 

A verdade é, nem precisa ser dessa lista. Qualquer filme romântico pode - de fato - ajudar no relacionamento, se você estiver disposta a aprender alguma coisa com ele. Vale a pena tentar!

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Super-fechado

Sabe, essa coisa de tentar ter uma alimentação saudável não fá fácil. É difícil no calor, é difícil no frio, é difícil sempre. 

Às vezes estou com fome, preciso comer, tá no meu horário de comer, mas um calor danado, dá uma preguiça de preparar algo saudável. Parece tão mais fácil pegar uma besteira qualquer no armário. E vocês ouviram bem: PREGUIÇA!

Agora pensa....se a pessoa (eu, no caso) tem preguiça de preparar um sanduíche, imagina pra malhar. Sim, neste calor eu não consigo arrumar disposição pra malhar, por mais que eu saiba que precise. Mas enfim, um problema de cada vez, vamos falar da alimentação. 

Aí, tem aquela velha dica de sempre: não tenha besteiras em casa para não cair em tentação. 

Bem, isso nunca deu muito certo pra mim. Tem um mercadinho à 1 quadra daqui de casa. Cheio de guloseimas, e quando vou, faço o rancho de bobagens (rancho, aqui no sul é aquela compra grande feita todo início de mês no super). E mesmo quando eu preciso ir no mercadinho comprar qualquer coisa saudável, eu tenho que passar pelas prateleiras de guloseimas que ficam logo na frente. 

Mas, pelo menos por hora, estou recebendo uma ajudinha do destino. O mercadinho tá fechado por motivo de férias.....Uhuuuuuuuu


É que é um mercadinho inho mesmo. Uma empresa familiar. E eles saíram de férias. E neste tempo, sem meu mercadinho à mão, eu pude entender como e variável "não tenha besteiras em casa" realmente funciona. Não tem besteiras, não tem o que comer, tem que juntar toda sua preguiça e preparar algo saudável (mesmo porque é o que tem).

Bem, o mercado mais próximo agora fica à 4 quadras daqui de casa, e tem um aspecto meio sujo, ainda bem, nem quero recorrer a ele. Está tudo bem do jeito que tá. 

Pena que não vai durar muito, logo o povo volta das férias e eu vou ter que aprender a lidar com isso. E vou ter que aprender mesmo. Parar de pensar no mercadinho como uma opção pra comprar besteiras. Mas penso nisso depois, por hora quero mais é aproveitar o meu super fechado. E está mesmo super fechado....kkkkkkkkkkk

Ainda bem!

Nathalia Teixeira - parte 2

Faz um tempo, fiz um post sobre Nathalia Teixeira.Adoro ela. Acho uma inspiração. Não importa se você gosta do corpo mais trabalhado ou não. A questão é que ela mostra o que é possível fazer. Ela mostra que é possível. E isso, por si só, é uma baita inspiração. 

E hoje de manhã vi uma matéria sobre ela, com a história dela, e quero colocar aqui. 


 Blogueira emagrece 56kg e elimina gordura das coxas e braços sem cirurgias; saiba como


Na balança, o ponteiro caiu dos 120 kg para os 64 kg. No corpo, as mudanças drásticas. De um bumbum sem forma e cheio de celulites para glúteos durinhos; de uma barriga flácida para um abdômen trincado; de coxas gordinhas para pernas torneadas; e de braços enormes para uma pele firme e longe da “gordurinha do tchau”. Toda essa transformação já seria admirável por si só, mas impressiona ainda mais por um motivo principal: a blogueira Nathalia Guanabara Teixeira conquistou todos esses resultados sem passar por nenhuma cirurgia.


Todo o processo de emagrecimento começou em maio de 2012, quando Nathalia se olhou no espelho e não se reconheceu. Segundo ela, o corpo estava deformado com tanta gordura, e o choque de realidade a fez tomar atitude. Foi então que decidiu criar o blog Simply Nathalia para compartilhar vídeos e fotos da transformação. De lá para cá, ela conquistou mais de 100 mil seguidoras no Instagram e se tornou inspiração nas redes sociais.

Como perder muito peso

O efeito sanfona sempre foi um problema. Depois dos 15 anos, a blogueira conta que emagrecia no verão e engordava no inverno. Até que, a partir dos 20, a obesidade passou a ser uma realidade em sua rotina.  “Eu tentei perder peso outras vezes. Bom, era isso que eu pensava. Pensava que tentava. Na verdade, não tentava. Queria tudo muito fácil, mas não funciona bem assim”, reflete depois de ter descoberto o caminho para emagrecer e conquistar o corpo que sempre desejou.

Foi aí que Nathalia deu o primeiro passo para uma mudança impressionante. Procurou uma clínica de emagrecimento e passou a seguir a dieta da proteína e a fazer zumba e musculação. Depois de seis meses de acompanhamento secou 30 kg.


Nesse ponto, decidiu intensificar os exercícios para fortalecer o corpo e precisou abandonar o cardápio restrito do regime, se alimentar seguindo dicas de um nutricionista esportivo e contratar um personal trainer para elaborar um treino específico. A nova dieta contava com carboidratos complexos que deram energia para malhar seis vezes por semana e conquistar um corpo bem mais durinho.

A dedicação continua. Atualmente, Nathalia tem um treinador que monta a dieta e os treinos, que acontecem todos os dias da semana. A blogueira trincou a barriga, conquistou o corpo sarado que desejava e passou a competir como Bodybuilding.
 
Flacidez nas coxas e braços: como eliminar?

Nathalia diz não ter sofrido muito com a flacidez depois de emagrecer por ter iniciado o processo de perda de peso já apostando na musculação, não só em dieta, o que permitiu que ela fosse substituindo a gordura por massa magra.

Gordurinha “do tchau”


Uma das gorduras mais difíceis de eliminar é a que se acumula nos braços, famosa como “gordurinha do tchau”. Nathalia conseguiu fortalecer essa região com muito foco na dieta para eliminar gordura e pegando pesado nos treinos para tonificar. “Sempre separo meus treinos de superiores para ter melhores resultados. Um dia faço ombros e costas e, no outro, bíceps e tríceps”, conta.
 
Flacidez entre as coxas 


No caso das coxas, o grande aliado da blogueira foi o aeróbico na escada. Segundo ela, esse exercício ajudou muito a eliminar o que ficou acumulado de gordura na parte interna das pernas. Isso porque um bom treino na escada é capaz de queimar calorias e tonificar coxas e bumbum.
 
Eliminar celulites: truques da blogueira 


Outra transformação impressionante no corpo: as celulites. Quando decidiu mudar sua rotina de cuidados com o corpo, Nathalia tirou fotos de costas. Elas mostravam as gordurinhas sobrando e uma enorme quantidade de celulites nas pernas e no bumbum. As fotos mais recentes mostram o sucesso do empenho para eliminá-las.

“Tinha celulites no corpo todo. Nas pernas, no bumbum, braços e barriga. Consegui eliminar 90% delas com dieta, muita água e treino. Nunca tomei nada e nunca fiz tratamento estético”.
 
Estrias: é possível acabar com elas?


As estrias continuam marcadas no corpo de Nathalia, que além da obesidade, ganhou mais algumas marcas durante as duas gestações que teve - períodos em que chegou a pesar 150 kg. Mas os risquinhos que a acompanham na barriga não a incomodam. Ela chegou a fazer testes com alguns produtos que ganhou de presente e eles ajudaram um pouco a suavizá-las. Porém, a blogueira garante que não se importou em continuar com o tratamento.

“Não vou me estressar com algo que não posso mudar, elas são as mínimas das minhas imperfeições. Estou muito feliz com o corpo que conquistei”.

Cirurgias 


Nenhuma cirurgia. Todo o processo de emagrecimento de Nathalia se deve à dieta e aos exercícios. Ela garante não ter passado por redução de estômago, lipoaspiração e nenhuma outra intervenção cirúrgica para perder peso. A única operação que decidiu fazer foi recente, depois de ter emagrecido. “Coloquei silicone. Com a perda, fiquei sem seios. Não tinha mais nada, só pele. Então para ficar mais feminina coloquei 350ml de silicone, para não ficar nada exagerado”.
 
Conselhos para emagrecer 


Se você está tentando emagrecer e não consegue atingir seu objetivo, ela dá a dica. “Não desista! Parece tão simples, mas não é. Não pare, nem por um minuto. Mesmo se demorar 10 anos, continue. Só assim podemos atingir nossas metas e saber do que somos capazes. Para mim, foram quase três anos sem parar, nem por um minuto. Tive momentos em que caí, mas na mesma hora me levantei e continuei. Não espere pelo primeiro dia do mês, nem pela segunda -feira e nem pelo dia seguinte. Já mude seus planos na próxima refeição”.


Para quem quiser seguir a Nathalia: Blog, Face e instagram

Eu simplesmente a acho sensacional!!!! É um exemplo a ser seguido!

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Simples assim


Como perder 20 quilos

Todo mundo por aqui quer emagrecer. Aliás, a sensação que eu tenho é que todo o mundo quer emagrecer. Uns querem eliminar poucos quilos, outros precisam eliminar muitos quilos. 


Mas a verdade é que isso não importa. Não importa o quanto se quer perder. A dificuldade é sempre a mesma. Eu sempre pensei assim. Mas esta semana alguém postou algo no face que me fez abrir os olhos e realmente entender isso:


Isso me tocou tão profundamente....porque é verdade. E não se trata apenas de pensar em 1 quilo de cada vez. Se trata em se concentrar em perder apenas 1 quilos (o que é relativamente mais fácil) e repetir isso quantas vezes forem necessárias. No meu caso 16 vezes e meia. 

É isso....essa é a essência da jornada: emagrecer 1 quilos quantas vezes forem necessárias. E é  o que eu vou fazer. Faça você também!

Instagram: o que rolou nesta semana

E se você ainda não me viu por lá, clique aqui.


sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

21 Alimentos que criança não deve comer antes de 2 anos

Ontem vi um linque sobre o Danoninho. Dizendo que ele "não vale por um bifinho". Adoro uma avaliação nutricional de produtos (e eu adorooooooo Danoninho), então fui correndo ler. 

Achei bem interessante. E é claro que vou colocar aqui.


Danoninho não vale por um bifinho!

Às vezes leio comentários de mamães que oferecem TODOS os dias danoninhos, chambinhos e outros petit suisse para os seus filhos. Como lanche ou como sobremesa porque ele é um “iogurte” CHEIO de vitaminas. Toda a fama e farsa desses petits suisse teve início depois daquela propaganda “Vale por um bifinho”, lembram? #sqn

Um estudo recente mostrou que 50% das crianças menores de 1 ano, já experimentaram petit suisse.

O Petit Suisse é um queijo fresco, não maturado, obtido pela coagulação do leite desnatado com coalho ou enzimas e bactérias sendo fermentado, pasteurizado e tem uma alta concentração de leite de vaca. Pode ainda haver acréscimo de condimentos. O processo de fabricação desse queijo proporciona uma consistência mais densa, alta umidade, maior teor de proteínas (mínimo de 6%) e cálcio.

Danoninho não é iogurte, é um produto cheio de conservantes, corantes e MUITO açúcar. Sempre quando encontro a Danone em algum congresso, pergunto, qual é a indicação do Danoninho? E elas me respondem 4 ANOS. E é tão industrializado contendo tantos corantes que não servem para crianças com qualquer idade.

Não é porque sua mãe te dava, e nunca aconteceu nada, que você também precisa fazer o mesmo. As consequências vem depois. E sempre aumenta a probabilidade do seu filho ter uma doença associada a alimentação, comendo inadequadamente. Você quer isso pro seu o seu filho? Eu não.

Danoninho pode causar: alergia, infecções gastrintestinais, anemia (quando oferecido após almoço ou jantar) entre outros…..

Mamães podem parar de se preocuparem em oferecer tanto danoninhos ou chambinhos aos seus filhos. Não entendo por que fazem do danoninho algo indispensável, se na verdade ele não faria falta alguma! Se a mãe não der, o bebê não vai conhecer e, consequentemente, não irá sentir falta nem pedir.

Abaixo esta um trecho do que o Ministério da Saúde e a Sociedade Brasileira de pediatria descrevem:


Observem os ingredientes do Danoninho:
Leite desnatado, xarope de açúcar, preparado de morango (água, frutose, polpa de morango, cálcio, fósforo, açúcar, amido modificado, zinco, ferro, vitaminas D e E, estabilizantes goma xantana, goma carragena e carboximetilcelulose, acidulantes ácido tartárico e ácido cítrico, aromatizante, conservador sorbato de potássio e corante natural carmin), creme de leite, cálcio, cloreto de cálcio, fermento lácteo, quimosina e estabilizantes goma guar, carboximetilcelulose, goma carragena e goma xantana.

Lembrando que os ingredientes aparecem em ordem decrescente de quantidade. Aparece primeiro o que tem mais. E o açúcar aparece em segundo lugar, e em outros lugares na lista. 

Então, depois disso tinha um outro linque, sobre outros produtos que as crianças não devem consumir antes dos 2 anos. Agora vamos analisar bem isso, quero dizer, os motivos pelos quais as crianças não deveriam consumir esses produtos antes dos 2 anos me faz pensar que eles deveriam ser evitados a vida toda. E não só pelos filhos, mas pelas mães, tias, vós......não sou tão radical ao ponto de excluir um alimento da vida. Mas acho que tem coisas que devem, sim, ser evitadas ao máximo. E esta lista é um exemplo disso. 

Novamente.....vou colocar aqui o que eu li. 

Com vocês, uma lista atualizada com 21 alimentos que nós como pais, mães ou responsáveis pela alimentação das crianças devemos esperar que eles cheguem na idade certa pra consumir!

1 – Chocolate:


Acho que isto é uma das coisas que todos contam os dias pra poder oferecer pras crianças. Infelizmente muitas comem antes mesmo de 1 ano, o que realmente é uma pena. Chocolate apesar de ser uma delícia é rico em açúcar, gordura e cafeína. E até os 2 anos o açúcar deve ser evitado ao máximo.

Além disso, devemos lembrar que a grande maioria dos chocolates tem leite, e que este é totalmente contra indicado antes de 1 ano por causa do grande risco de alergia, intolerância e etc.
 
2 – Marshmallow:



De vários formatos, cores, molinhos, no inverno há quem adore colocar no espeto e assar na fogueira, não é? Mas eles são nada mais, nada menos que: açúcar ou xarope de milho, clara de ovo, gelatina e algumas gomas, ou seja, açúcar puro! Dependendo da cor, tem os corantes e afins, mas a preocupação mesmo aqui é a alta quantidade de açúcar antes de 2 anos!

3 – Balas, pirulitos: 


Olha, apesar de serem coloridos, docinhos, tentadores, NÃO, eles não são comidas pra criança. Além do risco de engasgar, é açúcar puro. Ou seja, definitivamente não!

Além do açúcar, tem os corantes, xarope de milho e outros ingredientes que além de contribuir pro excesso de peso, viciam, ou seja, se já oferecermos este tipo de coisa pras crianças, mais difícil será evitar no futuro. Outro fator importante é que a maioria das pessoas não conseguem comer 1 única balinha ou 1 pirulito, sempre consomem um montinho e de novo caímos na questão quantidade: o que é pouco pra nós é muito pras Crias.

Fujam dos pirulitos e balas “brindes”. A criança tem que tomar vacina ou injeção porque precisa e não porque vai ganhar um pirulito, vai cortar o cabelo porque está comprido e não pra ganhar uma bala, entendem? Cada vez mais precisamos fazê-las entender as coisas e outra, doce não é mérito algum!

4 – Açúcar de qualquer tipo:


 O açúcar em si, independente de qual seja, é de certa forma “proibido”, ou melhor contra-indicado pra crianças com menos de 2 anos. O açúcar tem poder de “acostumar”, viciar o cérebro e fazer com que a pessoa crie a tendência em preferir sempre o doce ao salgado, além do fato de que é o causador de diabetes e contribui muito com o excesso de peso e obesidade.

Ele é um inimigo que ao mesmo tempo que é visível é invisível, pois em praticamente tudo encontramos açúcar: bolos caseiros, pães, bolachas, biscoitos, bolachas recheadas, sucos de caixinha, refrigerante e até mesmo nos alimentos encontrados na feira, pois frutas, verduras e legumes possuem seu açúcar natural.

Adoçar sucos, frutas é um hábito nosso, dos adultos e devemos ensinar nossas crianças a consumir tudo de forma natural, sem adição do mesmo!

Além da obesidade, temos o problema das cáries que sim, podem acontecer desde o primeiro dente se não fizer a higiene correta!

5 – Achocolatado:



Se você reparar, fuçar vai perceber que até alguns fabricantes dizem que não devem ser consumidos antes dos 3 anos, ou indicam uma quantidade de consumo à partir dos 3 anos menor que a “usual”. Achocolatados são praticamente açúcar.

Os ingredientes na maioria deles são: açúcar, cacau em pó, minerais, maltodextrína, vitaminas, emulsificante lecitina de soja, antioxidante ácido ascórbico e aromatizante. Contém Glúten e contém traços de leite (ingredientes retirados do site da marca em questão).

Além do risco da obesidade e sobrepeso, estudos já mostram que a ingestão em excesso de açúcar pode deixar as crianças pequenas irritadas e dispersivas, pois a o açúcar provoca maior concentração de insulina no sangue, aumenta a adrenalina que em excesso provoca a ansiedade, excitação  e dificuldade de concentração.

Vamos pensar assim, pra que oferecer antes dos 2 anos algo que além de conter muito açúcar pode fazer com que a criança tome leite só desta forma? O que queremos não é criar bons hábitos? Uma vez criados é mais difícil mudar no futuro e no conjunto de toda alimentação temos muito açúcar e o risco de obesidade e doenças provenientes dela é alta.

6 – Sal:


Sal é sódio e iodo, o sódio em excesso faz mal pra saúde, sobrecarrega os rins e altera a pressão. O sódio está presente em praticamente todos os alimentos e nos industrializados em maior quantidade, por isso, ler os rótulos e analisar quais escolhas estão fazendo é mais do que válida, é cuidar da alimentação de seus filhos.

7 - Salgadinhos, biscoitos doces e biscoitos recheadas: 


Bom, vamos aos ingredientes de uma das opções de marca de biscoito Maizena encontrada no mercado: Farinha de trigo enriquecida com ferro e ácido fólico, açúcar, gordura vegetal hidrogenada, açúcar invertido, amido, soro de leite, sal, fermentos químicos bicarbonato de amônio, bicarbonato de sódio e pirofosfato ácido de sódio, emulsificante lecitina de soja, aromatizante e melhorador de farinha metabissulfito de sódio. Contém Glúten. 

Agora os ingredientes de uma bolacha de leite sem recheio: Farinha de trigo enriquecida com ferro e ácido fólico, xarope de açúcar, margarina, gordura vegetal, carbonato de cálcio, leite em pó integral, amido, sal, sulfato de zinco, açúcar invertido, fermentos químicos bicarbonato de amônio, pirofosfato dissódico e bicabonato de sódio, aromatizantes, emulsificante lecitina de soja, corante caramelo III e corantes naturais carmim cochonilha e clorofila e umectante propileno glicol. CONTÉM GLÚTEN.

Se partimos do princípio que açúcar não é indicado antes dos 2 anos, logo, essas bolachas também não são, além de ricos em sódio, ingredientes transgênicos, glutamato, corantes, gordura. Prefira sempre as opções mais naturais, caseiras, mas mesmo assim com MUITA moderação antes dos 2 anos se tiver açúcar na receita, caso adocem com frutas secas melhor.

8 - Embutidos (peito de peru, salsicha, mortadela, presunto, salame): 


Segundo a Wikipedia O termo embutido compreende o gênero de alimentos que são produzidos ao encher tripas de animais (previamente limpas) ou sintéticas (principalmente no caso de versões vegetarianas) com diversos tipos de recheio. O produto desta operação pode opcionalmente ser defumado antes de ser consumido. Tradicionalmente, muitos são confeccionados com carnes, gorduras e entranhas resultantes da matança do porco. Após uma lavagem cuidada, a parte inferior das tripas é atada, de forma a que possam ser enchidas pela parte superior. O tempero da carne é realizado no mesmo dia, para que se possam encher as tripas no dia seguinte ou ainda no próprio dia.

Agora olha aqui os ingredientes da salsicha: Carne mecanicamente separada de aves, Carne suína, Água, Carne bovina, Proteína de soja, Sal, Amido, Pimenta, Alho, Regulador de acidez: lactato de sódio (INS325), Aromatizantes: aromas naturais (com pimenta, coentro, noz moscada e antiumectante: dióxido de sílicio (INS551i)) e aroma de fumaça, Estabilizantes: triopolifosfato de sódio (INS451i) e pirofosfato de sódio (INS450i), Conservador: nitrito de sódio (INS250), Realçador de sabor: glutamato monossódico (INS621), Antioxidante: isoascorbato de sódio (INS316), Corantes: ácido carmínico (INS120) e urucum (INS160b). NÃO CONTÉM GLÚTEN.

E aqui a Tabela Nutricional:


Tem certeza de que vai dar isso pro seu filho? Bom, se levarmos tudo isso em consideração, definitivamente NÃO, salsicha não é comida de criança e NÃO DEVE ser oferecida antes do 2 anos!

Ricos em sódio, gorduras, conservantes, corantes, nitrato (responsável por deixá-los avermelhados) que é cancerígeno. é porcaria pura. Pode ser gostoso, mas são porcarias e se você tem criança pequena em sua casa, é uma grande oportunidade pra parar de consumi-los. Abuse dos queijos na hora de petiscar. Pães com patês variados também são outras opções de petiscos.

9 – Refrigerante: 

Caloria vazia, cheio de açúcar e claro, viciante, afinal muitas de nós não vive sem e toma escondido das Crias, esse devia ser evitado pra todo o sempre, afinal, nada de bom eles oferecem. E por mais que você achem um absurdo eu falar sobre isso, já vi muitos BEBÊS com refrigerante na mamadeira e é muito triste! Gente é tão fácil, ao invés de oferecer refrigerante, ofereça água ou suco natural! Simples assim!

10 – Bisnaguinha: 


Aí, sinto que agora ferrou-se hahahaha, um monte de mãe vai enlouquecer agora! Na realidade este item entra nesta lista pois quero mostrar pra vocês que NÃO, esses pãezinhos fofinhos, adocicados e que praticamente toda criança ama não é um item com ingredientes bacanas pras crianças.

Os primeiros anos é o momento da criarmos o hábito correto da alimentação de nossos filhos, por isso, criar o hábito deles comerem só as bisnaguinhas está errado! Devemos optar por pães integrais, ricos em cereais e grãos e já existem opções mais “caseiras” no mercado!

11 – Bebidas achocolatadas prontas: 


Elas contém muito açúcar, são fáceis de virar preferência entre as crianças, por isso, na hora de arrumar a lancheira ou lanche do passeio, fuja destas opções nesta fase. Vamos deixar o hábito alimentar bem criadinho pra depois oferecermos certas coisas. Prefira o bom e velho leite batido com frutas e e quer deixar da cor dos achocolatados, bata com cacau em pó!

12 – Bebidas lácteas: 


Este item é uma questão de escolha correta também, os que tem muito açúcar, corantes e conservantes ruins devem ser evitados, os que não tem adição de açúcar se batidos com frutas fica uma delícia!

Antes de 1 ano são proibidas por serem derivado do leite. Percebam que tudo é uma questão de orientação e conhecimento. Basta ler os rótulos, ingredientes e informações nutricionais!

13 – Leite fermentado: 


A maioria tem muito açúcar e em caso de crianças é quase impossível ficarem em 1 só, por isso, esperar eles completarem seus 2 anos ou mais é super indicado.

Se quer oferecer lactobacilos pras crianças, pergunte ao pediatra ou nutricionista sobre outras opções que são saudáveis existentes, os pré e próbioticos em pó pra serem adicionados aos sucos naturais, por exemplo.

14 – Bebida a base de soja (mais conhecidos como sucos de soja): 


Se seu filho não tem intolerância ou alergia ao leite e não precisa consumir a soja, EVITE tudo e qualquer alimento com esta leguminosa. Sim, ela é fonte de nutrientes bacanas mas também é super alérgica e existem estudos que mostram que devem ser consumidas quando mais velhos, depois de adultos.

As bebidas à base de soja em si, possuem muito açúcar e já vimos o quanto o excesso do açúcar é prejudicial nesta fase da vida!

15 – Petit Suisse: 



Outra coisa que a maioria das mães tem uma ansiedade enorme em oferecer aos pequenos. Vamos por partes, eles não valem por 1 bifinho e são ricos em corantes, açúcar, conservantes ….  Alguns fabricantes dizem que não deve ser consumidos antes de 3 anos.  

16 - Sucos industrializados com açúcar: 


Cada caixinha de suco com açúcar, nectares ou afins tem muito, mas muito açúcar, por isso,  devemos optar pelas opções naturais ou os sucos industrializados sem açúcar.  

17 – Sucos em pó: 


Açúcar, corante e coisas que ninguém deveria consumir, ainda mais nossas crianças. Acho que esta imagem fala mais do que mil explicações e artigos científicos.

18 - Comidas prontas industrializadas (nuggets, hamburgueres, almondegas, lasanhas e etc): 


Sódio, espessantes, nitrato, gordura …. optem pelas opções caseiras sempre.  

19 – Gelatina: 



Corante, açúcar e mais nada, na minha opinião é um dos maiores fakes da face da terra. Até mesmo a que existe no mercado mais saudável, com corantes naturais tem açúcar orgânico, mas tem e essa até 2 anos é melhor não consumir

Vamos pensar que a gelatina vai entrar no quesito sobremesa e nesta faixa etária é melhor incentivarmos o consumo de frutas pra sobremesas, doces, lanches e até mesmo variar no cardápio. Com tantas frutas fáceis de achar nas nossas feiras, monotonia é que não vamos ter no nosso cardápio!

20 - Macarrão instantâneo:  



Excesso de sódio e não adianta falar que usa só o macarrão, pois o mesmo também é porcaria pura, rico em sódio e faz mal. Mas como falar parece exagero, que tal ver a tabela nutricional de uma marca famosa de macarrão instantâneo:


Vamos a interpretação: 68% do que uma pessoa que tem uma dieta de 2.000 calorias deve consumir de sódio no dia inteiro, mas uma criança come bem menos, ou pelo menos deveria comer bem menos que 2.000 calorias, ou seja, é MUITO sódio!
 

21 – Leite condensado 


Leite condensado nada mais é que leite, açúcar (muito açúcar) e lactose. Ele não deve ser consumido por causa do açúcar. Tem gente que coloca leite condensado na fruta, na salada de frutas e até mesmo na mamadeira….

Brigadeiro, beijinho, bicho de pé e todos os docinhos típicos de aniversário devem ser evitados, pra não virar rotina!

Vamos supor, você tem 1 festa por mês e só nestas festas seu filho consome docinhos deste tipo? Ok, é de vez em quando de verdade, mas se todo fim de semana tem uma festa infantil, não, nesta idade isso não pode ser considerado de vez em quando. Também não adianta ele consumir apena 1 item por dia os 30 dias do mês, pois os excessos serão rotina.


Algumas leitoras perguntaram sobre o mel, bem o mel é contra-indicado pra crianças menores que 1 ano.

Criar hábito alimentar saudável é iniciado desde os 6 meses e é muito mais fácil o “errado” virar rotina do que o saudável, pois infelizmente a maioria prefere doces e salgados com excesso de sódio, gordura e fritura, além de ser algo cultural e lucrativo pra indústria. Comece a analisar se realmente o consumo é de vez em quando e se há equilíbrio em seus hábitos alimentares.

Ah! Outra frase super famosa é: sempre comi e estou viva (o)! Sim e graças à Deus está vivo, mas consumir alimentos errados, na idade contra indicada e cometer excessos serão refletidos mais pra frente. Um exemplo, crianças que comem de forma errada hoje e já tem algum distúrbio decorrente a má alimentação, será um adulto com 40 – 50 anos com algum problema e isso é comprovado cientificamente.
 


Fonte: Criança bem nutrida e Maternidade colorida

Acho que precisamos criar hábitos mais saudáveis não apenas para nossos (futuros) filhos, mas para nós mesmas. Nos libertar da facilidade e da praticidade dos produtos industrializados. Porque o preço que pagamos por isso, é caro demais! 

E depois de ver esse lista (enorme), eu sei que muitas pensam: Tá, então, o que os filhos podem comer?

Bem, o mesmo que nós estamos tentando comer: produtos mais naturais,  ricos em vitaminas, com menos açúcar, menos sal.....E a verdade é que, quanto mais cedo se aprende isso, melhor é para pessoa. E se temos a oportunidade de ensinar para nossos (futuros) filhos desde e cedo.....por que não fazer? Por qe não?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...